Mercado Livre: Pagamento parcelado sem cartão de crédito é para poucos

Nova modalidade de pagamento criada pelo Mercado Livre / Mercado Pago, dá linha de crédito para o usuário efetuar compras parceladas através de boletos mensais.

Por Tecnologia Pular para comentários

Definitivamente a concorrência é ótima em todos os sentidos, principalmente quando nós, enquanto consumidores, somos beneficiados por isso.

Nos últimos anos temos observado o número crescentes de serviços, seja em sites ou aplicativos, que nos dão a oportunidade de utilizarmos nosso dinheiro da melhor forma possível. 

Claro que estamos falando dos bancos virtuais, mas além deles, outros prestadores de serviço financeiro, já existentes no mercado, até então como intermediadores de compra e venda de bens de consumo, vem se tornando concorrentes dos bancos virtuais e também, porque não, dos tradicionais.

Aplicativos como Recarga Pay, PicPay e bancos digitais como Inter, Digio, NuBank, Original, oferecem serviços desde a simples carteira para pagamentos de contas e recargas, até soluções completas de gerenciamento financeiro e investimento.

O que esses serviços bancários virtuais tem em comum?

Todos oferecem agora, opção de cartão de crédito completo e até os pré-pagos, este último dá opção por exemplo de fornecer um meio de pagamento até mesmo para quem não tem conta bancária. 

Nova modalidade de pagamento não é para todosNova modalidade de pagamento não é para todos

Aonde entra o Mercado Livre e Mercado Pago nisso?

Pois bem, os serviços oferecidos por todos os aplicativos, ou pelo menos aqui, quase todos, disponibilizam as famosas máquinas de cartão para que possamos efetuar vendas, levando a facilidade para quem paga e trazendo os benefícios de crédito para quem vende. Explico.

Você pode utilizar o Mercado Crédito para empréstimos ou pagamento de produtos parceladosVocê pode utilizar o Mercado Crédito para empréstimos ou pagamento de produtos parcelados

O Mercado Livre lançou a pouquíssimo tempo o Mercado Crédito, que antes havia sido anunciada como uma espécie de serviço de empréstimo para os clientes do Mercado Pago, que tem movimentação financeira frequente. 

Infelizmente, essa linha de crédito não é para todos, óbvio que isso tem a ver com a segurança financeira do Mercado Livre, afinal de contas, ninguém empresta dinheiro para quem não pode pagar. Nem eu, nem você e nem nenhum outro serviço financeiro.

Com o Mercado Crédito, você pode efetuar compras em até 12x no Mercado Livre sem ter cartão de crédito.  

Mas, como citado no título deste artigo, você deve ter este meio de pagamento habilitado, para fazer isso, você deve acessar a seção do Mercado Crédito para ver se você possui o benefício.

Aí que está o grande problema, você, enquanto comprador, tem que ter a nova modalidade de pagamento habilitada e não o vendedor. Então, o que determina a possibilidade do pagamento através do mercado crédito são as suas próprias movimentações e não a dos outros.

Ou seja, se você é um comprador ou vendedor, esporádico, dificilmente você terá a tal modalidade habilitada.

Mas, caso você trabalhe com o Mercado Livre comprando e vendendo o tempo todo, certamente você terá o serviço habilitado e ele libera valores mais altos de crédito de acordo com a sua movimentação dentro do site/aplicativo.

E, para pagar uma compra utilizando o novo meio de pagamento é simples, para os produtos que custem mais de R$ 50 até o limite máximo atribuído a sua conta.

Mercado Crédito - Quando disponível aparece como outras formas de pagamento no ato da compraMercado Crédito - Quando disponível aparece como outras formas de pagamento no ato da compra

Selecione Mercado Crédito como meio de pagamento e a quantidade de parcelas fixas que preferir: 2, 3, 4, 5, 6, 10 ou 12. Você também pode fazer uma combinação entre Mercado Crédito e o dinheiro na sua conta do Mercado Pago.

Depois, é só pagar a cada mês a partir da seção do Mercado Crédito no Mercado Livre os boletos gerados ou dinheiro em conta.

O Mercado Livre informou que está trabalhando para que cada vez mais pessoas possam parcelar suas compras sem precisar de cartão de crédito. Então, pode ser que essa política de fluxo de movimentação seja alterada, permitindo que qualquer pessoa possa utilizar o novo método virtual, antiga modalidade do conhecido crediário, ou carnê.

Compartilhe com seus amigos:
Bernardo Silva
Bernardo Silva Louco por tecnologia, amo velocidade e sou apaixonado por comida.
FACEBOOK // TWITTER: @bgssilva
Quer conversar com o(a) Bernardo, comente:
Minha foto
    O que é mais importante em um smartphone?
    Bateria(23,08%)
    Câmera(15,38%)
    Performance(55,77%)
    Aparência(0,00%)
    Tela(5,77%)