Nove em cada dez pessoas utilizam serviços de streaming, revela pesquisa

As pessoas definitivamente mudaram seus hábitos, elas não querem mais ser reféns de horários pré-definidos para assistirem o que mais gostam. E é isso que tem gerado tanta dor de cabeça para as operadoras de TV por assinatura.

Por Tecnologia Pular para comentários

Stranger Things, Game of Thrones, Casa de Papel, Westworld, Orange is the New Black, Cobra Kai, The Walking Dead, entre muitos outros títulos só são desconhecidos para você, se você estiver completamente desconectado do mundo nos últimos anos.

E, todos eles, sem excessão, chegam ao grande público através de serviços de streaming, seja no computador, smartTV, tablets ou smartphone.

Mas, qual é o atual impacto dessa nova forma de consumir filmes, séries, documentários, programas esportivos?

A pesquisa foi feita com 826 pessoas com alguns hábitos dos consumidores e mostra que 93% dos entrevistados acessam alguma plataforma de streaming ou serviços de conteúdo em vídeo pela internet.

Entre eles, 53% afirmam que assistem algum streaming todo dia, 24% acessam de quatro a seis vezes por semana, 15% veem duas a três por semana e 7% assistem somente uma vez por semana ou em períodos superiores a esse.

Entre as plataformas mais assistidas destacam-se a Netflix (94% dos participantes tem assinatura), Google Play (40%) e HBO Go (29%) como mostra o gráfico abaixo.

Gráfico mostra números da pesquisa realizadaGráfico mostra números da pesquisa realizada

Além disso, quando perguntados quanto tempo você gasta assistindo algum conteúdo na plataforma de streaming por dia em média, 55% disseram que assistem de uma a três horas por dia, 32% assistem de três a seis horas e 13% assistem por mais de seis horas.

A pesquisa também procurou saber quanto os participantes estavam gastando com as plataformas de streaming por mês, e 40% disseram que gastam entre R$40 a R$50, 18% afirmaram que gastam menos de R$30, 16% gastam de R$60 a R$70 reais e 23% gastam mais de R$80.

A pesquisa foi realizada pela Toluna, entre 1 e 12 de julho com 827 pessoas no Brasil, segundo critério de classificação de classes utilizado pela Abep - Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa, onde pessoas da classe C2 tem renda média domiciliar de R$1.625 por mês. A pesquisa foi realizada com pessoas acima de 18 anos, todas as regiões brasileiras, com 3% de margem de erro e 95% de margem de confiança.

Compartilhe com seus amigos:
Bernardo Silva
Bernardo Silva Louco por tecnologia, amo velocidade e sou apaixonado por comida.
FACEBOOK // INSTAGRAM: @androidplaceblog // TWITTER: @bgssilva
Quer conversar com o(a) Bernardo, comente:
Minha foto
    Quantos celulares a Motorola tem em linha?
    5(15,33%)
    10(57,25%)
    15(11,67%)
    20(7,92%)
    26(7,83%)