Spotify desabilita função que permitia artistas independentes fazerem upload de músicas

Não passou nem um ano e o Spotify encerrou o programa que permitia que artistas independentes fizessem upload de suas músicas para a plataforma de maneira direta.

Por | @bgssilva Tecnologia Pular para comentários

A versão beta da ferramenta de upload do Spotify será descontinuada dia 30 de julho de 2019. Lançada em setembro de 2018, a ferramenta buscava fornecer uma maneira simples para que artistas independentes pudessem enviar suas músicas para a plataforma.

Mas, a empresa parece ter voltado atrás devido a complexidade envolvida no monitoramento dos direitos associados à distribuição de música, tornando a ferramenta facilitadora num grande problema.

"A maneira mais impactante de melhorar a experiência de fornecer música para o Spotify para o maior número possível de artistas e gravadoras é se apoiar no excelente trabalho que nossos parceiros de distribuição já estão fazendo para servir a comunidade artística", escreveu o Spotify em um post na segunda-feira.

Com o encerramento da ferramenta de upload, os artistas independentes precisarão se inscrever em uma empresa de distribuição aprovada pela Spotify, que fornece acesso direto à ferramenta Spotify for Artists e lida com licenciamento e distribuição e paga os royalties de transmissão.

SpotifySpotify

Seus distribuidores “preferidos” são a DistroKid (na qual a Spotify possui um investimento minoritário), CD Baby e EmuBands.

No ano passado, o Spotify disse “melhoramos muito o nosso trabalho com parceiros de distribuição para garantir a qualidade dos metadados, protegendo os artistas contra infrações, fornecendo aos usuários acesso instantâneo ao Spotify para artistas e muito mais”.

Segundo a empresa, a ferramenta Spotify for Artists é usada por mais de 300.000 criadores para rastrear suas músicas no Spotify. A ferramenta de envio de playlist do Spotify foi usada por mais de 36.000 artistas para obter playlists pela primeira vez no serviço desde que foi lançada há um ano.

Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal