"Meu maior erro foi não ter feito da Microsoft o que o Android é" diz Bill Gates

Magnata e co-fundador da Microsoft participou de um evento da Village Global onde comentou sobre sua trajetória, incluindo seus erros e acertos. Confira detalhes da entrevista e o vídeo da conversa na íntegra.

Por | @andressaisfer Tecnologia Pular para comentários

Durante um evento da Village Global na última quinta-feira (20), o magnata e co-fundador da Microsoft, Bill Gates, deu diversas declarações sobre sua trajetória e comentou erros que cometeu ao longo dela. Segundo Gates, permitir que o sistema operacional Android superasse os feitos pela Microsoft foi o principal deles.

O magnata comentou que, fora a Apple, existe apenas espaço para um sistema operacional. “Esses são mercados do tipo ‘o vencedor leva tudo’” comentou. “Meu maior erro foi ter me engajado em algum tipo de ingerência que levou a Microsoft a não ser o que o Android é. O Android é a plataforma não-Apple padrão. Era natural para a Microsoft ocupar esse espaço”.

Bill Gates dá entrevista em um evento da Village Global.Bill Gates dá entrevista em um evento da Village Global.

Ele ainda comentou como trabalhou duro para fazer da Microsoft o que ela é hoje. Gates alegou que não acreditava em finais de semana ou férias. Ele trabalhava tanto que disse até “saber todas as placas dos carros” de seus colegas, chegando inclusive a “saber quem chegou ou saiu do estacionamento no último mês”. Em meio a risadas, ele disse não recomendar esse estilo de vida. 

No entanto, o magnata alega não se arrepender dessa época de início de carreira. Ele diz acreditar ser necessário fazer sacrifícios – principalmente ao se tratar de produtos que envolvam engenharia e que precisam de viabilidade.

Gates deixou a presidência executiva da Microsoft em 2008, um ano após o lançamento do primeiro iPhone. Ele foi substituído por Steve Ballmer – aquele que riu durante uma entrevista ao ser questionado sobre o celular da Apple logo após seu lançamento, afirmando que estes não dariam certo por não terem teclados. Até hoje Gates participa do conselho da Microsoft. 

Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal