Oi realiza testes de rede 5G em Búzios

O local que foi montado pelas duas empresas, Oi e Huawei, demonstra a tecnologia 5G voltada para uma experiência holográfica com o uso de óculos de realidade virtual HoloLens.

Por Tecnologia Pular para comentários

A empresa de telefonia Oi, na última sexta-feira, convidou jornalistas para conhecer um espaço na Praça da Ferradura, no centro de Búzios (RJ). Por lá, a empresa vem oferecendo uma experiência de ligação holográfica no 5G.

Em parceria com a Huawei, a companhia disponibilizou uma estação rádio-base (ERB) que opera na frequência de 3,5 GHz usando uma faixa de 100 MHz.

Para completar, a empresa demonstrou capacidades de uso da fibra ótica, que deve estar disponível para cerca de 90% das casas da região até este ano.

A iniciativa ainda destaca "a modernização da rede móvel com tecnologia 4,5G e já preparada para receber o 5G quando a tecnologia estiver disponível no Brasil", como diz Eurico Teles, presidente da Oi.

Oi realiza testes de rede 5G em Búzios.Oi realiza testes de rede 5G em Búzios.

O local que foi montado pelas duas empresas, Oi e Huawei, demonstra a tecnologia 5G voltada para uma experiência holográfica com o uso de óculos de realidade virtual HoloLens, da Microsoft. Os usuários podem ver as imagens em tempo real com baixa latência.

Búzios

O local foi escolhido por ser um ponto turístico e também tem sido a "cidade modelo" da Oi para a demonstração das suas mais recentes tecnologias. No total, 26 cidades do Brasil já possuem suporte ao 4,5G da empresa, sendo que em Búzios atua com 10 estações rádio-base.

A operadora, atualmente, oferece 350 mil quilômetros de rede de fibra ótica, que passam por mais de 2 mil municípios. Além de Búzios, o serviço é oferecido em mais 33 cidades brasileiras: Manaus (AM), Salvador (BA), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), Aparecida de Goiânia (GO), Belo Horizonte (MG), Pouso Alegre (MG), Divinópolis (MG), Poços de Caldas (MG), Montes Claros (MG), Varginha (MG), Vespasiano (MG), Ubá (MG), Betim (MG), Recife (PE), Olinda (PE), Curitiba (PR), Rio de Janeiro (RJ), Duque de Caxias (RJ), Vilar dos Teles (RJ), Niterói (RJ), Petrópolis (RJ), São Gonçalo (RJ), Cabo Frio (RJ), Teresópolis (RJ), Nilópolis (RJ), Campos dos Goytacazes (RJ), Angra dos Reis (RJ), Nova Iguaçu (RJ), Porto Alegre (RS), Viamão (RS) e Brasília (DF).

Fonte: Baguete

Mais sobre: brasil, huawei, hololens
Compartilhe com seus amigos:
Rafaela Pozzebom
Rafaela Pozzebom Graduada em Letras pela UFSM e especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas à educação
FACEBOOK //
Quer conversar com o(a) Rafaela, comente:
Carregar comentários