Valve demite 13 funcionários com suposto corte da divisão de hardware VR

Possivelmente, funcionários dispensados da Valve integravam a divisão de hardware VR da empresa. Companhia não mencionou detalhes sobre isso.

Por Tecnologia Pular para comentários

A Valve confirmou nesta semana a demissão de vários funcionários em tempo integral e contratos, que possivelmente integravam a equipe de hardware de realidade virtual. "No mês passado, 13 funcionários em tempo integral foram demitidos e uma parte de nossos contratos de contratação foi rescindida. É uma parte infeliz dos negócios, mas não representa grandes mudanças na empresa. Agradecemos aos afetados por sua contribuição e desejamos a eles boa sorte em futuros empreendimentos ", disse o porta-voz Doug Lombardi ao The Verge.

A Valve não mencionou de onde os ex-funcionários trabalhavam, mas surgiu uma postagem de um usuário do Reddit 2flock que pode indicar de onde os funcionários podem ter sido removidos. "Eles dispararam como metade da equipe de hardware da Valve recentemente ... Imaginem quanto tempo vai demorar até que o restante receba o tratamento Jerry", diz.

Valve demite 13 funcionários com suposto corte da divisão de hardware VR.Valve demite 13 funcionários com suposto corte da divisão de hardware VR.

Vale mencionar que os únicos projetos de hardware conhecidos da Valve são os dispositivos de realidade virtual e também o antigo controlador Steam.

O 2flock também realizou outro vazamento relacionado ao VR da Valve no ano passado, com a postagem de fotos de um suposto protótipo de fone de ouvido da Valve.

O ex-membro da equipe da Valve VR Nat Brown twittou que não estava mais trabalhando para a empresa. De acordo com a Variety, as demissões atingiram membros da equipe de RV, mas não ofereceram detalhes.

A Valve criou a plataforma de software SteamVR e ainda co-desenvolveu o inovador headset HTC Vive, lançado em 2016. A Valve, no ano passado, começou a enviar um controlador Vive "Knuckles" de segunda geração para desenvolvedores.

A Valve, porém, acabou se afastando do Vive, e entregou o desenvolvimento para a HTC. Muitas empresas de RV e AR já demitiram funcionários ou até fecharam em razão de um mercado que não está crescendo tão fortemente quanto era esperado.

Fonte: The Verge 

Compartilhe com seus amigos:
Rafaela Pozzebom
Rafaela Pozzebom Graduada em Letras pela UFSM e especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas à educação
FACEBOOK //
Quer conversar com o(a) Rafaela, comente:
Carregar comentários
Quantos celulares a Motorola tem em linha?
5(14,60%)
10(58,83%)
15(11,33%)
20(7,36%)
26(7,87%)