1 em casa 6 pessoas cancelaram suas contas no Spotify devido ao Coronavírus

Confira o porque o Spotify está dizendo que 1 em cada 6 pessoas estão cancelando as suas contas devido a pandemia do Coronavírus.

Imagem ilustrativa do Spotify. Fonte: techcrunch
Imagem ilustrativa do Spotify. Fonte: techcrunch

De acordo com os dados levantados pelo serviço de streaming Spotify, as pessoas estão mudando a maneira como ouvem música devido a quarentena forçada pelo Coronavirus (COVID-19). Segundo a empresa, as suas previsões foram cumpridas no período de 3 meses, que terminou no dia 31 de março. Entretanto, a companhia notou que as rotinas diárias das pessoas sofreram mudanças devido ao fato de a grande maioria das vezes estarem sempre em suas casas. Isso fez com que 1 em cada 6 pessoas cancelassem a suas contas no Spotify nos EUA.

O Spotify diz que:

"Todo dia agora parece o fim de semana."

Essa afirmação faz sentido, pois agora grande parte da população mundial está trabalhando e estudando em suas casas. Isso significa que não há mais a música durante o trajeto de um local para o outro, seja no ônibus, metrô ou carro. De acordo com o Spotify, esta mudança de hábitos causou um grande impacto (mais nos podcasts do que nas músicas).

Uma das possíveis explicações para a queda no uso do Spotify foi a substituição do tipo de atividades realizadas nas horas ociosas dos usuários. Segundo a empresa, houve um aumento de 50% no número de pessoa que ouvem músicas do serviço através de TVs e consoles. Isso pode significar que as pessoas estão preferindo mais jogar videogames e assistir aos canais pagos ou streaming de vídeos na TV do que ouvir de fato uma música.

O Spotify confessa que esta pandemia que estamos passando afetará de forma negativa alguns de seus negócios. A empresa afirma, no entanto, que os números atuais se recuperaram em algumas áreas, entretanto o consumo e os usuários ativos diários foram impactados em mercados como os da Itália e Espanha, países que sofreram muito no início dos surtos de Coronavírus. Porém, estranhamente não houve uma queda no nível de usuários ativos mensais e no número de assinantes pagos.

A empresa de streaming de música informou também que está diminuindo o ritmo de seus planos de contratação para o resto do ano. Mas, ao mesmo tempo, a companhia está otimista e crê que seu modelo de negócios estão se "posicionando de forma única" para enfrentar a crise em curso.

Banner com os dados de crescimento dos usuários no primeiro trimestre de 2020. Fonte: Spotify
Banner com os dados de crescimento dos usuários no primeiro trimestre de 2020. Fonte: Spotify

Atualmente o Spotify possui 286 milhões de usuários ativos mensais e 130 milhões de inscritos. Mesmo que o número de usuários que realizaram o cancelamento de suas contas tenha diminuído no geral, a empresa afirma que um em cada seis pessoas cancelaram suas contas nos EUA devido ao COVID-19. Porém, de acordo com o Wall Street Journal, a grande maioria dos usuários que cancelaram as suas contas, possui planos para renovar suas assinaturas quando a situação financeira melhorar.

Acer Nitro 5: Não compre sem ver esse vídeo!

Comentários
Minha foto
Insira um comentário