O realme C53 chegou no Brasil há algumas semanas, e a realme, empresa chinesa que mais cresce no mercado de smartphones, gentilmente nos enviou uma unidade do aparelho para análise. Depois de testar o produto por alguns dias, o Oficina da Net traz à vocês o resultado da nossa avaliação. Afinal, vale a pena comprar o realme C53 por R$ 1.400? Vamos descobrir!

ÍNDICE

O que vem na caixa do realme C53?

O que vem na caixa do realme C53
O que vem na caixa do realme C53
  • Smartphone realme C53
  • Capa protetora
  • Carregador de 33 watts
  • Cabo USB-C
  • Manual de instruções

Especificações do realme C53

O realme C53 chega ao mercado brasileiro com o processador Unisoc Tiger T612 de 12 nm, que trabalha em conjunto com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno, expansível por meio de um slot dedicado para cartão microSDXC. Sua tela IPS LCD de 6,74 polegadas possui uma resolução de 1080 x 2400 pixels e uma densidade de 390 ppi, com uma taxa de atualização de 90 Hz.

Em câmeras, o aparelho tem uma lente principal com resolução de 50 MP com abertura f/1.8 e foco automático, além de um sensor secundário com resolução de apenas 0.3 MP. A câmera frontal tem 8 MP com abertura f/2.0 é a responsável pelas selfies e chamadas de vídeos. A bateria de 5000 mAh é alimentada por um carregador de 33W. O dispositivo suporta redes 3G e 4G, mas não possui suporte para 5G.

  • Sistema operacional: Realme UI T e Android 13
  • Processador: Unisoc Tiger T612 (12 nm)
  • Memória RAM: 6 GB
  • Armazenamento Interno: 128 GB
  • Tela - Tipo: IPS LCD
  • Tela - Tamanho: 6.74
  • Tela - Resolução: 1080 x 2400
  • Tela - Frequência: 90Hz
  • Câmera principal: 50 MP, f/1.8, (wide) e PDAF
  • Câm. Selfie: 8 MP, f/2.0, (wide)
  • Bateria: 5000 mAh
  • Carregador: 33W

Realme C53 - Veja aqui a ficha técnica completa

Pontos positivos 👍

Vamos aos pontos positivos que encontramos no realme C53 durante nossa análise:

Design caprichado

Antes de mais nada, temos que falar sobre esse belíssimo trabalho da realme. O design do realme C53 é algo de encher os olhos, especialmente por que ele pertence a uma categoria de dispositivos onde o básico é o suficiente, então isso é algo que precisa ser elogiado.

O design do realme C53 é bem bonito
O design do realme C53 é bem bonito

A tela até poderia ter bordas mais finas e o entalhe da câmera frontal poderia ser diferente, pois simplesmente já nos cansamos desse notch em forma de gota. Entretanto, a traseira do aparelho faz a coisa valer a pena. Embora seja feita de plástico, a tampa tem uma textura escovada que oferece algumas ranhuras — o que é perfeito não só visualmente, como também ergonomicamente.

O design do módulo de câmeras também precisar elogiado. É evidente a inspiração nos iPhones, com um conjunto triangular que rouba a atenção quando olhamos para a sua traseira. Todavia, vale lembrar que aqui tem uma pegadinha: embora tenham três "lentes", o realme C53 tem apenas duas câmeras, inclusive uma delas nem é tão importante assim. Falaremos mais sobre isso no tópico das câmeras.

Bom desempenho na maioria das tarefas

Por ser um smartphone de entrada, nenhum review do realme C53 deve concluir que ele seja capaz de desempenhar toda e qualquer tarefa. Entretanto, me surpreendi com o que esse Unisoc Tiger T612 consegue fazer. Para julgar o desempenho do aparelho, nada melhor que colocar ele para rodar alguns jogos, então foi isso o que eu fiz.

Nosso teste não envolveu nada muito técnico, como os testes que fazemos em nosso quadro Roda Liso. Na verdade, aqui apenas escolhemos três jogos e executamos por um período de aproximadamente 45 minutos cada. O primeiro jogo foi Head Ball, um jogo de mecânica mais simples, mas que nos permite avaliar a resposta da tela aos nossos comandos, bem como as cores, já que é um jogo bastante colorido. O resultado foi agradável. Não travou e nem esquentou o aparelho.

PUBG roda legal no realme C53
PUBG roda legal no realme C53

O segundo jogo que testamos foi PUBG e surpreendentemente o resultado também foi bastante agradável. Não senti nenhuma dificuldade ao jogar com o realme C53, que também não ofereceu nenhuma travamento. Com o tempo, ele começou a ficar um pouco mais quente, mas nada anormal. Por fim, testei o Genshin Impact e esse sim foi impossível de jogar. Tudo trava, até a tela de loading inicial. Mesmo com os gráficos no mínimo possível, a jogabilidade não é boa.

Em testes de benchmark, o realme C53 obteve uma pontuação impressionante de 250.983 pontos no AnTuTu. No teste de múltiplos núcleos do Geekbench, ele alcançou uma marca de 1.490 pontos. E no CPU Throttle, o aparelho se saiu razoavelmente bem, com uma diminuição de apenas 81% de sua capacidade máxima após executar uma grande quantidade de testes.

Câmeras melhores do que imaginava

Não se engane: parece ter três câmeras, mas são duas visivelmente falando, e uma só que realmente funciona
Não se engane: parece ter três câmeras, mas são duas visivelmente falando, e uma só que realmente funciona

Eu sinceramente fiquei em dúvida sobre decidir se as câmeras do realme C53 são um ponto positivo ou negativo. Como nada é perfeito, se tem algo que podemos criticar aqui são a qualidade das fotos. Entretanto, decidi manter esse tópico entre os pontos positivos do aparelho, pois mesmo estando longe de serem perfeitos, os resultados das câmeras são ainda melhores do que eu imaginava.

Nós temos a tendência de começar a julgar algo simplesmente pela sua aparência ou preço, e é por isso que as câmeras do realme C53 são algo a ser elogiado. Eu sinceramente esperava algo pior, especialmente depois que descobri que ele tem só uma câmera realmente funcional, que no caso estou falando da lente principal de 50 MP. Sua lente secundária tem 0.3 MP para efeito de profundidade, mas não precisava nem existir.

De qualquer forma, o resultado das fotos são melhores do que eu imaginva. Naturalmente, as fotos em ambientes escuros deixam a desejar, com um nível de ruído bem evidente. Mas nas fotos em ambientes externos, a qualidade agrada bastante, com um nível de nitidez aceitável, capacidade de capturar muitos detalhes e inclusive manter as cores muito próximas da realidade. As selfies também agradam, especialmente em ambientes bem iluminados.

Veja algumas fotos que tiramos com o realme C53:

Efeito retrato
Efeito retrato
Foto diurna
Ultrawide na horizontal
Efeito ultrawide
Foto diurna
Foto com foco
Foto diurna
Foto diurna
Zoom de 10x
Selfie diurna
Selfie em ambiente noturno

Bateria dura bastante

A bateria do realme C53 também funciona bem. Temos aqui um tanque de 5.000 mAh e, como seu processador não precisa de muito poder de fogo, ele consome essa energia de forma bastante equilibrada. No dia em que fizemos os testes com os jogos e depois levamos ele na rua para tirar algumas fotos, nossa bateria durou aproximadamente 15 horas até zerar completamente.

Carregador de 33 watts na caixa
Carregador de 33 watts na caixa

Em dias normais, com um tipo de uso mais comum para essa categoria de smartphones, conseguimos esticar o seu tempo de bateria para o dia todo. Ele ficou na tomada a noite toda, foi retirado do carregador por volta das 7h40 da manhã, e foi usado algumas vezes durante o dia para rolar o feed do Instagram, escrever emails, jogar por períodos curtos e assistir vídeos no YouTube. Na hora de dormir, por volta das 22h, ele ainda tinha 29% de bateria.

Falando em carregamento, ele acompanha um carregador Supervooc de 33 watts na caixa. Depois de conseguir zerar a bateria completamente, conseguimos usar esse carregador para completar a carga novamente. Ele levou 1h44m até conseguir encher o tanque.

Recursos extras

Dá para dobrar a quantidade de memória RAM
Dá para dobrar a quantidade de memória RAM

Existem dois recursos extras do realme C53 que valem mencionar. O primeiro é o recurso "Expansão de memória RAM". O realme C53 vem de fábrica com o Android 13, sistema já integrado com essa função que permite transformar parte do armazenamento interno que não está sendo usando, para usar como uma parte virtual da memória RAM. O objetivo é melhorar o desempenho. No caso do realme C53, dá para ampliar com até 6 GB extras.

O segundo recurso bem legal e criativo por parte da realme é a "mini cápsula" empregada na região onde fica o notch da câmera frontal. Esse é um outro fator em que a realme se inspirou nos iPhones, e dá uma ressignificada ao entalhe da câmera frontal na tela. Ela interage com informações interessantes, como informações sobre o carregamento e outras notificações.

O som do realme C53 é bastante alto e, no sistema mesmo, dá para aumentar até 150%
O som do realme C53 é bastante alto e, no sistema mesmo, dá para aumentar até 150%

Pontos negativos 👎

Como nem tudo são flores, vamos falar também sobre os pontos negativos do realme C53:

Tela muito sensível

Eu encontrei pelo menos dois problemas na tela do realme C53. No caso, estamos falando de um painel IPS LCD de 6,74 polegadas com resolução de 1080 x 2400 pixels e uma densidade de 390 ppi, além da taxa de atualização de 90 Hz. O conjunto até que funciona bem, mas não queira usar debaixo de sol extremo.

A tela do realme C53 reflete muito no sol
A tela do realme C53 reflete muito no sol

Para quem usa o celular na rua, por exemplo, vai acabar se irritando querendo ler o que tem na tela do celular e não poder enxergar. Já vi e testei muitos celulares de entrada, mas a tela do realme C53 realmente me decepcionou muito nesse sentido. Embora seja algo comum de uma tela IPS, o problema maior aqui é o nível de brilho, com pico de apenas 560 nits — muito baixo, na minha opinião.

Além disso, a tela não tem nenhuma proteção e a tendência é que com o tempo ela fique muito arranhada. Mesmo mantendo o produto com todo o cuidado possível, evitando colocá-lo na mesa com a tela para baixo e até mesmo dentro do bolso, ainda assim consegui arranhar a tela do aparelho. Como isso acontece eu não sei, pois realmente tive muito cuidado. O que a realme poderia ter feito para evitar isso é pelo menos mandar uma película na caixa. Se você não comprar uma, pode ter certeza que em pouco tempo a tela estará bem feia.

Sistema poluído

Felizmente, a maioria dos apps desnecessários do realme C53 á possível remover
Felizmente, a maioria dos apps desnecessários do realme C53 é possível remover

Outro problema que vale citar é o volume de apps desnecessários que vem instalado junto do sistema. Eu infelizmente perdi o print da tela onde tinha todos esses aplicativos, mas me lembro de vir um app de transporte, outro navegador além do Google Chrome, redes sociais que ninguém conhece e muitos jogos que só servem para ocupar o espaço da sua memória. Felizmente, a maioria deles dá para ser removido, mas não deixa de ser um ponto negativo.

Concorrentes

Na nossa humilde opinião, o realme C53 disputa espaço com pelo menos dois fortes concorrentes:

Galaxy A34 5G

Galaxy A34
Galaxy A34

Por praticamente o mesmo preço do realme C53, o melhor modelo da Samsung que você pode comprar é o Galaxy A34. Ele tem um processador melhor, no caso é o MediaTek Dimensity 1080, compatível já com 5G. Tem também uma tela Super AMOLED com taxa de atualização de 120 Hz e nível de brilho com pico de 1.000 nits, perfeita para usar mesmo em ambientes com sol extremo. Além disso, o conjunto de câmeras do A34 é mais completo, com lentes ultrawide e macro.

Moto G73

Moto G73
Moto G73

No porfólio da Motorola, temos o Moto G73. Embora não seja o melhor modelo que vamos indicar, esse carinha já tem 8 GB de RAM, taxa de atualização de 120 Hz e processador MediaTek Dimensity 930 com suporte a 5G. As câmeras são top, realmente muito boas para sua categoria. E assim como o realme C53, ele também tem NFC. O problema é que ele custa cerca de R$ 200 mais caro.

Vale a pena comprar o realme C53?

O realme C53 é um bom investimento para quem quer pagar pouco, mas também fugir das bombas mais baratas do mercado
O realme C53 é um bom investimento para quem quer pagar pouco, mas também fugir das bombas mais baratas do mercado

O realme C53 superou todas as minhas expectativas. Embora seja um aparelho de entrada, seu desempenho é decente de um intermediário, especialmente por que ele já vem com 6 GB de memória RAM (que poder se expandido para até 12 GB de RAM) e 128 GB de armazenamento (esqueçam celulares com 64 GB, é o fim da picada).

As câmeras me surpreenderam, e esse pode ser o principal motivo de algum usuário menos exigente levar em consideração a compra desse aparelho. Apesar de ser limitado, tudo funciona muito bem e de forma bem encaixada. Pelo seu menor preço de R$ 930, é simplesmente incrível um celular desse ser tão barato.

Realme C53
7.9
Prós
  • Design caprichado
  • Desempenho agradável na maioria das tarefas
  • Câmeras melhores do que imaginava
  • Bateria duradoura
  • Preço acessível
Contras
  • Tela escura no sol e fácil de arranhar
  • Sistema poluído

Onde comprar o realme C53?

Atualmente, o preço do realme C53 no site oficial da realme é de R$ 1.400, sendo comercializado pela loja da empresa no Mercado Livre. Ele está disponível nas cores preto e dourado. Entretanto, em outros lugares do varejo, já é possível encontrá-lo por ofertas de até R$ 930, tornando o realme C53 um excelente custo-benefício.

Agradecimentos especiais a equipe da realme Brasil por gentilmente ter nos enviado uma amostra do aparelho.