Com um pouco mais de meio ano desde o seu lançamento, o Redmi 9 teve seus altos e baixos em questão de preço em território brasileiro. Em parte pela - grande - variação do dólar e em parte por falta de estoque em certos momento dos últimos meses.

Depois de alguns dias com o aparelho testamos basicamente tudo que ele tem a oferecer e assim veremos os seus pontos fortes e fracos, falaremos sobre a concorrência encontrada na mesma faixa de preço e por fim daremos o nosso veredito respondendo se vale ou não a pena comprá-lo.

Prós
  • Performance em Jogos
  • Bateria
Contras
  • Bloatware
  • Gerenciamento de recursos
Xiaomi Redmi 9
6.5

Ficha técnica Redmi 9

Se você ainda não conhece as especificações do aparelho vamos dar uma olhada nos principais pontos rapidamente. Lançado em junho de 2020 ele tem um processador Mediatek Helio G80, com 4GB de RAM e 64GB de armazenamento, versão oficial vendida aqui no Brasil. Tela IPS, de 6.53 polegadas, FULLHD+, protegida por Gorilla Glass 3.

Xiaomi Redmi 9
Xiaomi Redmi 9

Em câmeras encontamos com o sensor principal de 13MP f/2.2, uma lente ultrawide de 8MP f/2.2, a terceira macro de 5MP f/2.4 e o sensor de profundidade de 2MP f/2.4, já a câmera frontal é de 8MP f/2.0. Ambas só gravam em resolução máxima Full HD e apenas 30 FPS.

A bateria tem capacidade de 5020mAh e vem com carregador de 10W. O último destaque fica para a entrada de fones P2, uma boa notícia para um smartphone de menor custo.

  • Processador: Mediatek Helio G80 (12 nm)
  • CPU: Octa-core (2x2.0 GHz Cortex-A75 e 6x1.8 GHz Cortex-A55)
  • Sistema operacional: Android 10 e MIUI 12
  • Memória RAM: 3 GB, 4 GB e 6 GB
  • Armazenamento Interno: 32 GB, 128 GB e 64 GB
  • Tela - Tipo: IPS
  • Tela - Tamanho: 6.53
  • Tela - Resolução: 2340 x 1080
  • Tela - Densidade: 395 ppi
  • Tela - Proteção: Gorilla Glass 3
  • Tela - Extras: 400 nits
  • Câmera principal: PDAF e 13 MP, f/2.2, 28mm (wide), 1/3.1
  • 2ª câmera: 8 MP, f/2.2, 118˚ (ultrawide), 1/4.0, 1.12µm
  • 3ª câmera: 5 MP, f/2.4, (macro)
  • 4ª câmera: 2 MP, f/2.4, (profundidade)
  • Câmera Frontal: 8 MP, f/2.0, 27mm (wide)
  • Bateria: 5020 mAh
  • Carregador: 10W
  • Xiaomi Redmi 9 - Ficha técnica completa

Pontos fortes

Vamos passar agora pelos pontos fortes e avaliar se eles em conjunto com os pontos fracos tornam o produto um bom negócio para você.

Performance em Jogos

Apesar do seu Mediatek Helio G80, o Redmi 9 tem um custo baixo e traz performance de concorrentes acima de sua faixa de preço, assim se tornando um ponto positivo do aparelho. Com 4 GB ou mais de RAM ele deve melhorar ainda mais sua performance, só lembre-se de sempre fechar outros aplicativos caso for jogar.

Bateria

Aqui não temos nenhuma surpresa, a célula de 5020 mAh não deixa nada a desejar quando o assunto é duração de bateria. O carregador de 10W incluso na caixa poderia ser melhor, ele carrega em 30 minutos apenas 20%.

Pontos fracos

Bloatwares

Até a Xiaomi remover esses bloatwares dos celulares, se é que um dia vão fazer isso, eu vou reclamar, não há necessidade alguma de haver tantos apps instalados já de fábrica.

E o aparecimento de propagandas na interface do Smartphone continua firme e forte, prática da Xiaomi que começou há poucos anos e desde então se mantém como um gigante ponto negativo, afinal qual outro celular lhe mostra uma propaganda quando você termina de instalar um aplicativo? E eu sei que posso tirar isso em configuração, mas faz sentido algum uma empresa mostrar banner no meio do sistema.

Má gerenciamento de recursos

Isso é uma coisa que no geral aparelhos Android melhoraram muito nos últimos anos, principalmente após a atualização 7 do sistema. Infelizmente a Xiaomi fez alguma mudança no gerenciamento do sistema do aparelho que ele simplesmente não consegue gerenciar os recursos corretamente e fica travado em abertura de apps mais pesados.

Foram mais de 10 minutos com o Asphalt 9 carregando e ainda não havia conseguido carregar, e o mesmo aconteceu em vários outros aplicativos mais pesados. Infelizmente o gerenciamento de recursos na VERSÃO DO SMART não é muito competente em ajudar o usuário.

Teste de câmera

Fotos

Começando pelas fotos diurnas, apesar da diferença de coloração entre a lente Ultrawide e as outras duas, em plena luz do dia, fotos bem iluminadas ficam com boa qualidade e não há muito do que reclamar. Em alguns momentos é possível ver Chromatic Aberration mas somente em casos extremos. Ressalto que nos testes do Modo Retrato o smartphone recortou a pessoa sempre muito bem.

Modo Retrato funcionou muito bem em todas as fotos
Modo Retrato funcionou muito bem em todas as fotos

Além do modo Retrato fazer um bom recorte, as três câmeras tiveram bons resultados em fotos diurnas. Claro que não é desempenho de um Smartphone topo de linha, mas são boas fotos considerando a categoria e preço atual do aparelho.

As câmeras vão bem em fotos diurnas
As câmeras vão bem em fotos diurnas

Agora, infelizmente, quando vamos para as fotos noturnas o Redmi 9 deixa muito a desejar, e por incrível que pareça as melhores fotos (e vídeos) noturnos saíram da lente telephoto.

Quando vamos para a noite, a perda de qualidade é substâncial
Quando vamos para a noite, a perda de qualidade é substâncial

Infelizmente o processamento e tempo de shutter não são o suficiente para o smartphone produzir fotos realmente boas, e isso serve tanto para a câmera traseira quanto para a câmera frontal. Abaixo fica uma selfie a noite com iluminação não muito forte.

Selfies noturnas ficam bem ruins
Selfies noturnas ficam bem ruins

Enfim, abaixo fica a galeria de fotos do celular com todas as fotos tiradas para o review e assim você pode tirar suas próprias conclusões. No lado positivo ficam as fotos diurnas que se saem bem, tanto na frontal quanto na traseira. Já o lado negativo ficam nas fotos noturnas onde a claridade falta bastante e o processamento interno deixa a desejar.

Galeria de fotos

Vídeos

Você fica limitado a vídeos de somente 30 FPS em resolução Full HD (1920 x 1080) tanto na câmera frontal quanto na principal, o que é um grande desapontamento quando temos celulares que chegam a custar até menos mas já gravam pelo menos a 60 FPS.

Concorrentes

Vamos analisar os smartphones da concorrência e ver se há alguma opção melhor.

Samsung Galaxy M21s

Samsung Galaxy M21s
Samsung Galaxy M21s

O seu primeiro concorrente de peso é o Galaxy M21s, ele se encontra na mesma faixa de preço que o Redmi 9, em volta dos R$ 1300. Algumas vantagens ficam na tela que usa tecnologia Super AMOLED ao invés do IPS da Xiaomi, bateria de 6000 mAh contra 5020 mAh, conjunto de câmeras aprimorado com suporte a gravações em 4K até 30 FPS na câmera principal.

Isso sem contar o processador Exynos 9611 presente no M21s que tem performance um pouco maior em vários jogos (e suporta Fortnite) que o Helio G80 presente no Redmi 9 e a garantia oficial da Samsung se compararmos o preço não oficial.

Entre esses dois, eu iria facilmente no M21s.

Motorola One Fusion

Esse aqui já passou por nossa avaliação, ele também não custa mais que o Redmi 9 e tem alguns pontos bons iguais ao M21s, como a garantia nacional pelo mesmo preço e seu Snapdragon 710 além de oferecer compatibilidade com o Fortnite ainda apresenta melhor performance.

Parte da performance também vem como malefício, já que a tela é IPS mas 720p, perdendo neste ponto. Seu conjunto de bateria e carregador também deixa a desejar com apenas 10W de carregamento e 20 mAh a menos para o Motorola.

Preços e quando vale a pena comprar o Redmi 9?

Agora veremos as três faixas de preço do Redmi 9.

  • Não vale a pena comprar: acima de R$ 1250, a diferença entre preços acima disso e outros smartphones nacionais não valem o preço, pois além de encontrar conjuntos melhores ainda há a garantia para dar mais segurança a você.
  • Vale a pena: entre R$ 1100 e R$ 1250 ele é uma boa opção de compra.
  • Vale muito a pena: abaixo dos R$ 1100 ele se torna uma ótima opção com nenhum outro aparelho oferecendo a mesma qualidade de uso.

Onde comprar?

Algumas ofertas do Redmi 9:

  • Xiaomi Redmi 9 64gb + 4gb Ram Versão Global Mercado Livre R$ 1.088,33 Ver oferta
  • Xiaomi Redmi 9 Verde 64GB, Tela de 6.53, 4GB de RAM, Câmera Traseira Quádrupla, Android 10 e Processador Octa-Core Pontofrio R$ 1.499,00 Ver oferta
  • Xiaomi Redmi 9 Verde 64GB, Tela de 6.53, 4GB de RAM, Câmera Traseira Quádrupla, Android 10 e Processador Octa-Core Extra R$ 1.499,00 Ver oferta

Veredicto

Xiaomi Redmi 9
Xiaomi Redmi 9

Apesar do Redmi 9 ter o objetivo de ser um celular de menor custo e ele trazer um preço compatível com seu objetivo, em comparação a outros smartphones competidores ele deixa a desejar em vários pontos. Se você quer um aparelho para jogar, o Motorola One Fusion vai lhe servir melhor e ter compatibilidade maior devido a seu processador Snapdragon, além de um conjunto óptico melhor.

Se você procura por um celular relativamente melhor em todos os aspectos mas ainda quer pagar o mesmo preço, o Samsung Galaxy M21s leva a melhor em basicamente tudo, a única exceção seria o carregamento de 15W (contra 18W do Redmi 9), diferença que diria ser não perceptível.

Apesar de um conjunto equilibrado, algumas escolhas não tão legais da Xiaomi deixaram o Redmi 9 em uma posição não muito favorável contra sua concorrência.