Samsung pode passar a usar telas OLED da BOE em seus smartphones

A Samsung é premiada por suas telas OLED há algum tempo. A empresa é uma das maiores fornecedoras de telas OLED do mundo e vimos sua tecnologia AMOLED abrindo caminho para vários smartphones da linha Galaxy nos últimos anos.

Samsung pode passar a usar telas OLED da BOE em seus smartphones

Quando pensávamos que a Samsung não poderia mudar sua metodologia e linha de produção, analistas da indústria DSCC (Display Supply Chain Consultancy) dizem que a Samsung está em negociação com a BOE.

Pode parecer estranho, porque a Samsung deixaria de utilizar suas próprias e premiadas telas OLED em seus smartphones? Essa é a pergunta de ouro.

A DSCC disse: "Como concorrentes como Huawei e Apple planejam adquirir painéis OLED da BOE, a Samsung Electronics está considerando o preço e o custo dos painéis"

A empresa sul-coreana pretende utilizar as telas OLED da BOE em seus futuros smartphones da série Galaxy. Aparentemente, a empresa sul-coreana está procurando uma tela (painel) OLED flexível de 6,67 polegadas para pelo menos um membro de sua próxima série Galaxy S, S21 ou S30 no próximo ano.

Além disso, o Galaxy A91 também contará com uma tela de 6,6 polegadas fabricada pela BOE com resolução FHD+.

Atualmente, a BOE é o maior fornecedor de LCD para smartphones em todo o mundo. E ocupa a terceira posição quando se trata de telas (painéis) OLED, ficando atrás da Samsung e LG.

A Apple é outra empresa que vem buscando as telas OLED da BOE. Podemos inclusive ver a primeira parceria se materializar nos próximos smartphones da Apple, os iPhone 12 e variantes.

Portanto, as previsões da Samsung indicam que a empresa sul-coreana provavelmente perderá 11% de sua participação no mercado de telas (painéis) OLED de smartphones no quarto trimestre de 2020.

Aparentemente, o movimento em busca da BOE como parceira, aponta para uma mudança de estratégia da Samsung. A empresa pode reduzir os custos de seus smartphones com os displays OLED da BOE.

Parece estranho, como pode uma tela fabricada pela própria proprietária do smartphone custar mais do que a tela comprada de terceiros. Isso só irá fazer sentido se em breve tenhamos smartphones da Samsung com telas com qualidade inferior as suas próprias já disponíveis no mercado.

Mas isso pode estar ligado a uma mudança dentro da Samsung que sinaliza um maior investimento no segmento de telas dobráveis. Então, reduzir o gasto com telas padrão faria sim, muito sentido. É uma jogada interessante da Samsung.

Acer Nitro 5: Não compre sem ver esse vídeo!

Comentários
Minha foto
Insira um comentário