Twitter altera suas políticas de conduta e passa a banir emissores de ofensas a grupos de pessoas

Rede social Twitter passa a banir autores de tweets que contenham ofensas a grupos de pessoas. Isso inclui discurso de ódio devido a idade, deficiência ou doença.

Logo do Twitter. Fonte: TheVerge
Logo do Twitter. Fonte: TheVerge

Recentemente o a rede social Twitter informou aos seus usuários que está proibindo tweets que "desumanizam" alguém por conta de uma doença, incapacidade ou simplesmente devido a sua idade. Essa ação ocorreu pode ter sido incentivada devido ao boom de posts sobre os surtos de Coronavirus.

Twitter afirma que a alteração em sua política de conduta não possui relação com o Coronavirus

Embora tudo leve a crer que o COVID-19 influenciou a medida tomada pelo Twitter, a empresa afirmou ao site Reuters que esta alteração em suas políticas de conduta não possui relação com a pandemia da doença respiratória. De acordo com a companhia, esta mudança veio como resposta ao esforço contínuo para atualizar suas regras de contenção de condutas focada no ódio.

O chefe de políticas do Twitter disse à Reuters em entrevista:

"Não poderíamos prever que isso aconteceria em termos de coronavírus"

Já faz algum tempo que o Twitter está sendo pressionado para limpar o conteúdo de ódio nos posts de sua rede social. Ao mesmo tempo, os sites de notícias também têm enfrentado dificuldade para esclarecer as desinformações que estão ocorrendo relacionadas ao surto de Coronavirus.

De acordo com o site Reuters, em uma pesquisa feita por sua equipe para localizar tweets relacionados ao COVID-19, foram vistas postagens onde as pessoas estavam chamando o povo chinês de "subumano" ou comparava-os com animais. O surto, que inicialmente surgiu na China, até o momento já se espalhou para 85 países e provocou quase 3300 mortes mundialmente.

A política de conduta do Twitter já proibia atacar ou ameaçar outras pessoas com base em sua raça, orientação sexual, idade, deficiência ou doença grave. Entretanto, com esta atualização, a empresa especificou que o discurso de ódio não precisa necessariamente ser direcionado a um indivíduo, pode ser também um grupo.

O que achou sobre a nova medida tomada pelo Twitter? Comente abaixo e compartilhe conosco a sua opinião. Não deixe de ler também nossas notícias sobre a rede social.

Fonte: Reuters

🔥O POCO F4 É MUITO BOM 👇

Comentários
Minha foto
Insira um comentário