Mistério solucionado: iFixit abre Galaxy Fold e descobre o que está gerando problemas no aparelho

Equipe divulga passo a passo do desmonte do aparelho e descobre o motivo pelo qual a tela interna apresentou problemas - lançamento do modelo foi adiado para junho em decorrência dos defeitos apresentados.

Por Smartphones Pular para comentários
Mistério solucionado: iFixit abre Galaxy Fold e descobre o que está gerando problemas no aparelho

O site norte-americano iFixit divulgou, na última quarta-feira (24) um guia com imagens mostrando o celular Galaxy Fold sendo desmontado. O motivo pelo qual o aparelho apresentou problemas fatais foi descoberto. 


A falha na tela do aparelho é causada por um espaço de 7mm que se forma entre o display e o interior do smartphone quando este é aberto - o que permite que o aparelho seja dobrado, mas permite também a entrada de sujeira, líquidos e qualquer outro pequeno material. Dessa forma, o interior fica exposto e desprotegido.

 Samsung Galaxy Fold apresenta vão de 7mm quando abertoSamsung Galaxy Fold apresenta vão de 7mm quando aberto

Quando o modelo é fechado, este problema se resolve, mas existem outros vãos que também possibilitam entrada e acúmulo de sujeira. Isso pode não causar estragos diretos no display, mas essa sujeira certamente não é boa para o smartphone. 

O iFixit alegou fazer tempo que não se deparava com um aparelho com tantos vãos. "Será interessante ver como modelos dobráveis vão solucionar esses problemas" completou.

 Samsung Galaxy Fold com vãos mesmo quando fechadoSamsung Galaxy Fold com vãos mesmo quando fechado

Ainda em relação ao display, ao desmontá-lo, a equipe se deparou com questões interessantes: a moldura que supostamente protege a tela saiu sem muito esforço, deixando um espaço interno de 2mm exposto. Essa questão gerou reflexões se esse material não se soltaria sozinho ao longo do tempo, deixando o display ainda mais vulnerável.

Em relação à película protetora, o iFixit explica que esta é tão presa à tela (que por sua vez é extremamente frágil) que seria quase impossível removê-la sem causar danos ao display. Outros aparelhos que possuem tela OLED - mais frágil por natureza - utilizam a proteção de vidro. A Samsung optou pela de plástico, o que dificulta a quebra por impacto, mas que se mostrou insuficiente.

 Moldura do Samsung Galaxy Fold se solta facilmente, deixando o display ainda mais expostoMoldura do Samsung Galaxy Fold se solta facilmente, deixando o display ainda mais exposto

Por outro lado, o site elogiou o sistema de dobradiças utilizado pela Samsung, que possibilita a tela dobrar e estender, alegando que este é bastante sólido.

Já o modelo em si foi considerado "muito frágil" pela iFixit, recebendo uma nota 2/10 no quesito reparabilidade, que avalia o quão fácil é reparar aparelhos com problemas.

Confira: 5 melhores smartphones da Samsung

Fontes: ifixit, inverse

Compartilhe com seus amigos:
Andressa Isfer
Andressa Isfer Jornalista, amante de séries, filmes, livros e games. Curiosa e sempre pronta para novos desafios.
TWITTER: @andressaisfer
Quer conversar com o(a) Andressa, comente:
Minha foto
    Últimas notícias de Smartphones