Microsoft está desenvolvendo aparelho dobrável com 2 telas

Poderá a Microsoft surpreender com algum smartphone que a gente vá querer ter dessa vez?

Por | @Evilmaax Smartphones

Já faz oito anos desde que surgiram os primeiros rumores sobre um tal de Microsoft Courier, um aparelho que seria algo como um tablet, porém de tela dupla que dobrava no meio, assim como um livro. Ele seria projetado para tomar notas, fazer desenhos, entre outras coisas. O Courier, no entanto, nunca foi oficialmente reconhecido pela Microsoft até que, em 2010, veio a 1ª e última notícia oficial: projeto cancelado.

Os rumores dessa vez remetem ao codinome "Andromeda" este dispositivo portátil capaz de ser dobrado ao meio, que seria lançado em 2018 ou 2019, e, a princípio, seria um smartphone. 

A descoberta foi obra do site ARS Technica que resolveu investigar as patentes requeridas recentemente pela marca e com isso descobriu algo interessante: A Microsoft continua trabalhando no conceito de uma tela dupla dobrável.

Em janeiro, um primeiro documento dava conta de um design triplo com tela flexível e múltiplas dobradiças. Já, na última semana, novas patentes foram publicadas mostrando mais uma vez os tais dispositivos com telas múltiplas e dobráveis, além de versões detalhadas dos complexos mecanismos de articulação.

Nas patentes podemos ver um dispositivo bastante versátil e de tela única dos 2 lados que pode assumir diferentes funções de acordo com o jeito que estiver sendo usado. Quando retinho poderia funcionar como um tablet onde os 2 lados formariam uma tela única (foto 2 abaixo), quando dobrado em V poderia ser usado como uma calendário digital (foto 3 abaixo), quando dobrado com um lado reto e outro para cima poderia ser usado como um notebook onde uma das telas funcionaria como um teclado digital e touchpad (foto 1 abaixo).

As especulações também cobrem o lado do software embarcado no novo device até certo ponto e mostra que a Microsoft continua a trabalhar na unificação da plataforma Windows. Nas versões anteriores e atual do Windows ela tratou de integrar o kernel (o "cérebro" do sistema operacional) e outros componentes principais, e agora o foco seria no shell (quem faz o meio de campo entre o kernel e o usuário) e outros componentes da interface do usuário.

Atualmente, cada variante do Windows - desktop/tablet, telefone, HoloLens e até mesmo o Xbox - possui seu próprio código de interface de usuário exclusivo que então passaria a ser integrado em uma só versão. Quem afirma isso é o pessoal do Windows Central. Segundo eles, pelo menos, as interfaces de desktop, tablet e telefone estão sendo unificadas em um único shell conhecido como CShell.

Imagens vazadas até agora sugerem que o novo shell ainda se parecerá muito com as atuais interfaces de telefone e desktop, porém o objetivo da unificação não é mudar a interface, mas sim deixar tudo preparado para futuros e versáteis dispositivos que irão se adaptar ao momento atual, onde eles apresentarão uma interface móvel quando algum aparelho estiver sendo usado dessa maneira, mas mantém o mesmo shell completo de um desktop quando estiver sendo usado em casa ou como um pc convencional.

Microsoft está desenvolvendo aparelho dobrável com 2 telas

Quem teve a infelicidade de ter que usar um smartphone com Windows 10 Mobile vai se lembrar desse conceito através do recurso Continuum, em que ele podia rapidamente se transformar em um mini-desktop com teclado e mouse. Seguindo nessa linha, com o CShell a Microsoft conseguiria entregar um ambiente desktop de verdade quando necessário.

O que nenhum dos rumores ou pedidos de patentes fez até agora foi deixar claro se o novo device será capaz de dar algum destaque para a Microsoft no mercado de dispositivos móveis. Embora um dispositivo dobrável possa ser uma grande novidade na indústria, a Microsoft teria que dar um jeito de superar os mesmos motivos que fizeram o Windows Phone ser um fracasso até hoje, como a falta de aplicativos, e o descrédito que o nome Windows Phone traz consigo, por exemplo.

E antes que algúem venha dizer que nem só porque eles estejam trabalhando em patentes é sinal de que o aparelho vá, realmente sair, adianto: Eu sei, amigos, relaxem. Um tablet Surface Mini, por exemplo, foi desenvolvido, mas cancelado alguns poucos dias antes de ser anunciado publicamente. A vida tem disso.

Mas para quem não leva muita fé nessas previsões é preciso lembrar que o famoso all-in-one da Microsoft, o Surface, foi "descoberto" quando ainda estava em fase de pesquisa e produção somente por conta do estudo feito nos pedidos de patente da companhia de Bill Gates. Assim juntando esses novos documentos com os rumores do Andromeda parece inevitável que a empresa esteja, de fato, preparando algo assim para o mercado.

MAIS SOBRE microsoft smartphones
SHARE
+ Notícias
Comentários
 
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail