O Redmi Note 12 possui várias versões diferentes, mas a que testamos hoje é a 4G, que foi lançada em outubro de 2022 com o processador Snapdragon 685, 4 GB de memória RAM e uma bateria básica de 5000 mAh de capacidade. A tela desse aparelho consiste em um surpreendente display OLED, de 6.67", resolução fullHD e taxa de atualização de 120Hz.

Seguindo a tradição, o Note 12 continua naquela categoria exclusiva de baratinhos da Redmi, saindo por apenas R$ 1.170,00 no momento em que esse vídeo foi gravado.

Assim como fizemos no Roda Liso do Galaxy A54, quem será o concorrente do Redmi Note 12 é o Redmi Note 11, versão anterior desse carinha aqui. Não é sempre que podemos comparar a evolução de um modelo específico aqui no nosso teste de jogos, então vamos hoje iremos aproveitar a oportunidade e pôr frente à frente a geração passada contra a geração atual.

E apenas para não perdermos o costume, lembremos vocês que os gráficos em todos os games que jogamos hoje estão na qualidade mínima, sempre priorizando o desempenho, já que os dois participantes do teste são smartphones de entrada.

Redmi Note 12 teste em jogos pesados

COD Mobile

Se você procura por um aparelho para jogar especificamente o COD Mobile, veio ao lugar errado, pois o Redmi Note 12 deixa bastante a desejar nesse aspecto.

Além da impossibilidade de ajustarmos os gráficos para opções mais altas, o game te força a jogar em 40 FPS, impossibilitando uma experiência de jogo mais fluída. Além disso, o Note 12 marcou 94% de estabilidade e uma autonomia 6:15h.

Enfim, o Note 11 também ficou na zona dos 40 FPS, porém com uma estabilidade satisfatória de 100%.

#CelularesPontuaçãoGráficosFPSEstabilidadeSeloPreço
33°Xiaomi Redmi Note 1114.000BAIXO40100R$ 999,00
38°Xiaomi Redmi Note 12 4G13.760BAIXO4094R$ 895,00

⚠️Selo Roda⚠️ para os dois smartphones.

Diablo Immortal

A nossa avaliação do desempenho do Diablo Immortal foi um tanto contraintuitiva, vou te explicar o porquê.

Apesar da performance ter sido "OK" com uma média de frames de 30, com 98% de estabilidade para o Note 12, senti que ainda ocorreram algumas engasgadas muito súbitas durante a gameplay, impossibilitando o GameBench de registrá-las corretamente. Inclusive, durante a nossa rápida jogatina de teste, notamos um bug visual muito rápido, parecido com aquele que achamos lá no Roda Liso do Realme C55. Enfim, a autonomia dele não foi nada anormal, seguindo na média das 5:30h de duração.

O Redmi Note 11 teve um resultado levemente melhor, com 30 frames de média também, porém uma estabilidade de 99%.

#CelularesPontuaçãoGráficosFPSEstabilidadeSeloPreço
26°Xiaomi Redmi Note 1112.970BAIXO3099R$ 999,00
27°Xiaomi Redmi Note 12 4G12.940BAIXO3098R$ 895,00

⚠️Selo Roda⚠️ para os dois.

eFootball

No Futebol real, você precisa apenas de uma bola para jogar. No e-Football, você precisa apenas de um Redmi Note 12, não tem erro. Esse game roda praticamente em todo celular e você não vai ter nenhum problema de desempenho se rodá-lo nos gráficos mais baixos, que foi o que fizemos.

O Note 12 atingiu a média de 60 FPS, com uma estabilidade de 99% e autonomia de 5:50h de duração.

O Redmi Note 11 não chegou a ser testado neste jogo, uma pena.

#CelularesPontuaçãoGráficosFPSEstabilidadeSeloPreço
26°Xiaomi Redmi Note 12 4G15.940BAIXO6099R$ 895,00

✔️Selo Roda Liso✔️ para o Redmi Note 12.

Fortnite

Eu acho que tomar um soco na cara seria menos doloroso do que assistir a essa gameplay de Fortnite no Redmi Note 12. É simplesmente INJOGÁVEL esse game no Note 12, mesmo com os gráficos no mínimo, mesmo com a resolução em 10%.

A taxa de quadros média foi de 2 FPS e a mínima foi de 1. É até difícil medir esses números nesse caso em específico porque, em diversas vezes, o game travou por mais de 1 segundo, então não deveríamos usar "quadros por segundo" e sim "segundos por quadro".

Enfim, o Note 11 também decepcionou, porém em uma zona mais realista e modesta, marcando 25 frames de média, com uma mínima de 6.

#CelularesPontuaçãoGráficosFPS MÉDIOFPS MÍNIMOSeloPreço
Xiaomi POCO F450.000ALTO6140R$ 1.837,00
Xiaomi POCO F4 GT50.000ALTO6152R$ 5.890,00
Samsung Galaxy S2350.000ALTO6041R$ 2.899,00
Samsung Galaxy S23 Ultra50.000ALTO6055R$ 5.299,00
Motorola Edge 30 Ultra50.000ALTO6035R$ 4.749,91
26°Xiaomi Redmi Note 1110.000BAIXO256R$ 999,00
30°Xiaomi Redmi Note 12 4G10.000BAIXO21R$ 895,00

Bem, após essa batalha, o Redmi Note 12 conseguiu desbloquear o selo secreto, o selo proibido do canal: O 🗑Selo Roda Lixo🗑, dedicado ao pior dos piores desempenhos. O Selo Roda Lixo é dedicado aos aparelhos que fazem apenas o mínimo: conseguir abrir o jogo.

Free Fire

Dessa vez não tem nenhuma pegadinha, nenhuma enganação e nenhum "pega-ratão". O Frifas rodou super bem no Redmi Note 12, com exceção de um trechinho bem no começo da partida em que o game deu uma ou duas engasgadas, mas tudo ocorreu tranquilamente depois disso.

A performance média dele foi de 60 FPS, com 99% de estabilidade e uma autonomia de 6:15h.

O Redmi Note 11 também cumpriu com a sua missão, marcando o gabarito de 60 FPS, a 100% de estabilidade no Fogo Gratuito.

#CelularesPontuaçãoGráficosFPSEstabilidadeSeloPreço
28°Xiaomi Redmi Note 1116.000BAIXO60100R$ 999,00
32°Xiaomi Redmi Note 12 4G15.940BAIXO6099R$ 895,00

✔️Selo Roda Liso✔️ para os dois aparelhos testados.

Genshin Impact

Seguidamente vocês reclamam que o nosso sistema de Selos não leva em consideração a estabilidade nos jogos, dando notas positivas para games que rodaram horrivelmente mal.

Bem, esse é um desses casos, pois o Redmi Note 12 marcou 33 quadros de média, porém com a estabilidade decepcionante de 82%, nos proporcionando uma gameplay extremamente travada e difícil de se divertir. A autonomia dele foi de 4:15h de duração.

O Redmi Note 11 atingiu a média de 31 frames, com uma estabilidade pior ainda, de 73%.

#CelularesPontuaçãoGráficosFPSEstabilidadeSeloPreço
30°Xiaomi Redmi Note 12 4G12.706BAIXO3382R$ 895,00
33°Xiaomi Redmi Note 1112.263BAIXO3173R$ 999,00

⚠️Selo Roda⚠️ para os dois smartphones, porém na prática, certamente será difícil de aproveitar nessas condições.

Mortal Kombat

Essa é, de longe, a maior decepção do vídeo, sem sombra de dúvidas.

O Redmi Note 12 performou bem abaixo do esperado no Mortal Kombat, marcando somente a média de 38 FPS, com uma estabilidade de 99% e autonomia de 6:30h. Vale lembrar que o Mortal Kombat é um dos jogos que não ajustamos o gráfico aqui no nosso teste, já que ele funciona apenas na sua configuração padrão, possibilitando assim taxas de quadro altíssimas, como já vimos diversas vezes no canal.

O Note 11 foi um dos aparelhos que liberou essa taxa de quadros de forma plena, marcando 75 FPS de média, com uma estabilidade de 91%.

#CelularesPontuaçãoGráficosFPSEstabilidadeSeloPreço
20°Xiaomi Redmi Note 1156.825PADRÃO7591R$ 999,00
32°Xiaomi Redmi Note 12 4G53.762PADRÃO3899R$ 895,00

💎Selo Roda Competitivo💎 para o Note 11 e ⚠️Selo Roda⚠️ para o Redmi Note 12.

PUBG

Com as nossas maracutaias do GFX Tools ligadas, o Redmi Note 12 rodou o PUBG sem maiores problemas, com uma taxa constante de quadros, evitando travadas e stutterings. Infelizmente não conseguimos chegar a uma framerate de 90, porém os 60 que obtivemos já está de bom tamanho.

O Note 12 marcou o gabarito de 60 FPS, com uma estabilidade de 100% e autonomia de 5:25h de duração da bateria.

O Redmi Note 11 marcou apenas 30 FPS, com 100% de estabilidade nos gráficos mais baixos. Porém, fica o aviso de que não testamos ele com o GFX Tools ligado, afinal nós não usávamos o app na época em que o Roda Liso saiu.

#CelularesPontuaçãoGráficosFPSEstabilidadeSeloPreço
29°Xiaomi Redmi Note 12 4G16.000BAIXO60100R$ 895,00
36°Xiaomi Redmi Note 1113.000BAIXO30100R$ 999,00

✔️Selo Roda Liso✔️ para o Redmi Note 12.

Tower of Fantasy

Por fim, para fechar com chave de ouro, temos mais um desempenho escabroso por parte do Redmi Note 12.

Esse carinha decepcionou muito no Tower Of Fantasy, já que, apesar de pontuar a média de 48 quadros, se saiu com uma estabilidade miserável de 59%, resultando nas maiores e mais intensas TRAVADAS da história desse canal. A autonomia do Note 12 foi de 4:15h de duração da bateria, menor que em alguns outros games, porém ainda sob controle.

O Redmi Note 11 não chegou a ser testado nesse game, infelizmente.

#CelularesPontuaçãoGráficosFPSEstabilidadeSeloPreço
28°Xiaomi Redmi Note 12 4G12.832BAIXO4859R$ 895,00

Com isso, o Redmi Note 12 levará o ✔️Selo Roda Liso✔️ no Tower Of Fantasy, porém com o nosso aviso de que a estabilidade nesse game está muito abaixo da linha do aceitável.

Temperatura

Assim como na temporada anterior, nós jogamos uma horinha de COD Mobile com todos os gráficos no máximo, para sabermos quanta bateria é perdida nesse período, assim como a temperatura da tela do aparelho. Depois dessa uma hora de jogatina, o Redmi Note 12 aqueceu 🔥10°C🔥 na sua superfície e perdeu 🔋6%🔋 de carga.

Esses números são bem razoáveis considerando o poder de fogo do aparelho, então se Note 12 aquecesse mais do que 10°C, a situação seria preocupante. Quanto à bateria, já tem tempo que os aparelhos dessa linha da Xiaomi possuem uma autonomia fora do comum, e não é diferente nesse caso.

#CelularesGráficosPontuação MédiaPerda de bateriaVariação Temp.SeloPreço
Xiaomi POCO F5ALTO57.52315%14°CR$ 2.999,99
Motorola Edge 30 UltraALTO57.28319%13°CR$ 4.749,91
Samsung Galaxy S23 UltraALTO57.27910%7°CR$ 5.299,00
ASUS ROG Phone 6ALTO56.97614%8°CR$ 6.999,00
Xiaomi POCO F4ALTO56.685N/T13°CR$ 1.837,00
29°Xiaomi Redmi Note 11BAIXO14.176N/T10°CR$ 999,00
36°Xiaomi Redmi Note 12 4GBAIXO12.8486%10°CR$ 895,00

Conclusão

Se você chegou até essa parte do vídeo procurando por palavras de consolo e motivos para comprar o Redmi Note 12, vai se decepcionar. Eu terei de ser sincero com vocês agora: não existem razões para adquirir o Redmi Note 12 para jogos no momento, já que o aparelho desempenha porcamente em vários jogos, mesmo com os gráficos no mínimo, não trazendo nada de novo para a jogabilidade quando comparamos com o modelo da geração passada.

Você pode até pensar "mas o processador dele é um Snapdragon 685, que é melhor que o 680 do Redmi Note 11" só que não é bem assim que a banda toca. No papel o Snapdragon 685 atua melhor que o 680, porém na prática essa diferença é tão mínima, mas tão mínima, que você nem percebe que se tratam de peças diferentes. O "desempenho superior" que o Note 12 pode ter depende bem mais da otimização e do esforço que a Xiaomi coloca na criação do smartphone e menos na peça em si. Otimização que, diga-se de passagem, não foi bem executada, pois o aparelho fecha os games quando trocamos de janela e dá umas engasgadas até quando não estamos jogando.

Então não, o nosso veredito final é que o Redmi Note 12 não é um bom smartphone para jogos, principalmente quando comparado com o antecessor, Redmi Note 11. Com isso, ele recebe o primeiro ❌Selo Não Roda❌ do ano, ocupando o último lugar no nosso ranking de smartphones de entrada.