Oficina da Net Logo

Após pedidos dos usuários, Flickr prorroga data para exclusão de imagens

Em 2018, o concorrente SmugMug comprou o Flickr do Yahoo, alegando que o produto deixaria a empresa como uma comunidade autônoma, e que receberia um pouco mais de atenção.

Por | @oficinadanet Redes sociais Pular para comentários

O Flickr, no ano passado, revelou um novo valor para o serviço, assim, os usuários teriam que desembolsar US$ 50 por assinatura Pro ou teriam que limitar-se a 1.000 imagens. Os usuários que não aderirem ao plano teriam as suas imagens adicionais excluídas até 5 de fevereiro.

A novidade da vez é que estes usuários terão um pouco mais de tempo, segundo o USA Today, para manter as suas imagens. A próxima data limite estabelecida pelo Flickr é 12 de março.

Em 2018, o concorrente SmugMug comprou o Flickr do Yahoo, alegando que o produto deixaria a empresa como uma comunidade autônoma, e que receberia um pouco mais de atenção. Em novembro, as mudanças começaram a surgir, quando o Flickr revelou o seu novo modelo de associação, sendo que os usuários teriam o prazo até 8 de janeiro para atualizar para uma conta Pro de US$ 50.

Após pedidos dos usuários, Flickr será descontinuado em março.Após pedidos dos usuários, Flickr será descontinuado em março. Leia em destaque: O #10YearsChallenge é treta?.

Caso não aderissem ao programa, em 5 de fevereiro as imagens adicionais, ou seja, as que ultrapassaram o número 1.000, seriam deletadas.

Porém, após grande clamor por parte dos usuários, o vice-presidente da SmugMug, Scott Kinzie, o prazo acabou sendo prorrogado, já que os usuários estavam ainda baixando os seus arquivos.

De qualquer forma, uma boa notícia para quem acabou deixando para a última hora para resolver tais questões, com um prazo maior é possível salvar todas as imagens antes que elas sejam excluídas do Flickr.

Fonte: The Verge 

Comentários
Carregar comentários
Siga nossas redes sociais