Brasil tem grande queda nas vendas de PCs em 2012

De acordo com a consultoria de mercado IDC, a venda de PCs ou os famosos computadores de mesa tiveram vendas bem abaixo do esperado no Brasil; mesmo assim, os números de vendas subiram

Por | @oficinadanet Internet

De acordo com a consultoria de mercado IDC, a venda de PCs ou os famosos computadores de mesa tiveram vendas bem abaixo do esperado no Brasil; mesmo assim, os números de vendas subiram.

De acordo com a própria IDC, as vendas de PCs subiram 2% até o momento em 2012, onde já foram comercializados 7,8 milhões de computadores neste ano. A grande causa da baixa procura por PCs é o aumento de opções como os tablets e smartphones.

Vale salientar que hoje, já existem modelos de tablets populares que possuem a opção de teclado extensor e custam apenas R$ 399,00, muitas das vezes, também servindo como um mini notebook. Mas tem outros motivos para a queda na procura pelos tradicionais PCs em nossa terrinha, um deles é variação cambial.

Os comerciantes não estavam esperando uma alta tão brusca no dólar em 2012, fazendo com que muitos dos fabricantes aumentassem os preços de seus produtos. Um modelo que custava em 2011, R$ 1.299,00, hoje não sai por menos de R$ 1.599,00.

Outro motivo para essa baixa procura além do aumento de preço e produtos mais acessíveis, é o excesso de novidades esperadas para o final de 2012, sendo que muitos compradores preferem esperara para comprarem um modelo novo.

O IDC aponta que 45% das maquinas vendidas até agora é de desktops e 55% de aparelhos portáteis, como netbooks, notebooks e ultrabooks. Era esperado no começo de 2012, que o ano tivesse um aumento de 13% no segmento, o que na verdade não ocorreu e o órgão de consultoria já aponta pra um aumento na faixa de 8%.

Mais sobre: pcs idc brasil
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter