Intel fecha negócio bilionário envolvendo carros autônomos

Já faz algum tempo que a Intel se mostra interessada em levar sua tecnologia para carros autônomos. Agora, com a recente aquisição, será possível.

Por | @RafaelaPozzebon Tecnologia

Nesta segunda-feira (13), a Intel fechou um negócio de US$ 15,3 bilhões. A empresa adquiriu a israelense Mobileye, que é responsável pela fabricação de ferramentas para carros autônomos e semiautomáticos.

Agora, com a concretização do acordo, a Intel pretende acelerar a inovação na indústria automotiva e com isso, se posicionar no setor.

"A aquisição vai combinar as melhores tecnologias das duas empresas, incluindo conectividade, visão computacional, data centers, sensores, computação de alto desempenho, localização e mapeamento, aprendizagem de máquina e inteligência artificial”, dizem as companhias em um comunicado divulgado hoje.

Intel fecha negócio bilionário envolvendo carros autônomos

"Esperamos que o crescimento em direção à condução autônoma seja transformador. Com isso, o consumidor deve ganhar opções de transporte mais seguras, mais flexíveis e mais baratas”, comentou a Intel.

Leia também:

A aquisição da Mobileye terá como resultado a associação com tecnologias da Intel, como processadores Xeon, FPGAs (Field Programmable Gate Arrays), memórias 3D Xpoint e modems 5G em carros autônomos, revelou o CEO da Intel, Brian Krzanich.

A Mobileye foi criada em 1999 por Amnon Shashua e Ziv Aviram com o intuito de reduzir as lesões e mortes com veículos. A empresa foi listada em 2014 na Bolsa de Valores de Nova York. Seu valor de mercado é de US$ 10,6 bilhões.

Mais sobre: intel, carros, chips
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.