Robôs já são a maioria na internet

De acordo com os dados da Incapsula, somente 48,2% do tráfego da rede é composto por pessoas.

Por | @RafaelaPozzebon Internet

De acordo com o relatório anual de tráfego da Imperva Incapsula, o tráfego provocado por robôs na internet já é maior que as de humanos. A empresa foi responsável por analisar o tráfego em mais de 16,7 bilhões de visitas a mais de 100 mil sites escolhidos de forma aleatória em um período de 90 dias.

De acordo com os dados da Incapsula, somente 48,2% do tráfego da rede é composto por pessoas. Em 2013 o número era bem menor, apenas 38,5% do tráfego era de humanos. Em 2015 a porcentagem chegou a 51,5%, porém, no ano passado voltou a cair.                                               

Robôs já são a maioria na internet

Leia também:

O restante do tráfego (51,2%) de 2016 foi feito por robôs, ou bots. De modo específico, 22,9% foram feitos por robôs "bons", como ferramentas de busca ou de feed de notícia, e 28,9%, por robôs "maus", como ladrões de conteúdo e disseminadores de spam.                                 

O relatório aponta que o aumento tráfego causado por bots em 2016 aconteceu devido ao aumento de bots bons.

Os robôs maus, no entanto, que também integram a lista, são, no geral, usados para o cibercrime.

O tráfego de robôs, segundo a Axios, custam cerca de US$ 7 bilhões por ano para as empresas que investem em publicidade online. Essas empresas pagam para que suas propagandas sejam vistas por humanos, e não apenas por robôs, assim, é necessário um bom investimento para isso.

A Imperva diz que 94,2% dos mais de 100 mil sites avaliados foram visitados por um bot do mal no decorrer dos 90 dias do levantamento. Tais visitas, porem, podem ser um problema, comprometendo os sites menos protegidos.

DESTAQUESRecomendado
Siga nas redes
Mais compartilhados
O QUE LER EM SEGUIDA
Comentários
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar