Brasil está entre os países mais caros para se comprar produtos eletrônicos

Veja quais são os países mais caros e os mais baratos para se comprar este tipo de mercadoria.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Uma pesquisa realizada pela Technology Price Index, do site Linio, aplicada em 72 países, revelou que o Brasil está entre os cinco países mais caros para se adquirir aparelhos eletrônicos. No ranking dos mais caros ele aparece em quarto lugar, logo atrás da Venezuela, Angola e Brunei.

Conforme o levantamento, os consumidores venezuelanos são os que mais sofrem com os altos valores cobrados por eletrônicos. Um iPhone 6s, por exemplo, custa US$ 97.813,82 no país. Porém, vale ressaltar que os preços exorbitantes na Venezuela são resultado da hiperinflação e de disparidades cambiais enfrentadas pela nação venezuelana. Já o STJ gasta R$ 339 mil para comprar iMacs para editar imagens.

Brasil está entre os países mais caros para se comprar produtos eletrônicos

Já os países mais baratos para se adquirir eletrônicos são os do Oriente Médio, sendo que Kuait, Árabia Saudita e Malásia aparecem nos três primeiros lugares do ranking, seguidos por Canadá, Emirados Árabes Unidos e Qatar. De acordo com a pesquisa, nestes países as taxas de valor agregado são menores que nos demais locais.

Abaixo veja a lista completa com os países mais caros e mais baratos para comprar eletrônicos. Vale lembrar que a pesquisa foi realizada com base nos valores de 14 produtos em 72 países.

Mais baratos

  • Kuait (1º lugar)
  • Arábia Saudita (2º lugar)
  • Malásia (3º lugar)
  • Canadá (4º lugar)
  • Emirados Árabes Unidos (5º lugar)
  • Qatar (6º lugar)
  • Japão (7º lugar)
  • Estados Unidos (8º lugar)
  • Austrália (9º lugar)
  • Polônia (10º lugar)

Mais caros 

  • Venezuela (72º lugar)
  • Angola (71º lugar)
  • Brunei (70º lugar)
  • Brasil (69º lugar)
  • Guatemala (68º lugar)
  • Singapura (67º lugar)
  • Croácia (66º lugar)
  • Indonésia (65º lugar)
  • Bangladesh (64º lugar)
  • Filipinas (63º lugar)

Veja também: 

Mais sobre: Eletrônicos Brasil preços
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo