Uma pesquisa realizada pela Technology Price Index, do site Linio, aplicada em 72 países, revelou que o Brasil está entre os cinco países mais caros para se adquirir aparelhos eletrônicos. No ranking dos mais caros ele aparece em quarto lugar, logo atrás da Venezuela, Angola e Brunei.

Conforme o levantamento, os consumidores venezuelanos são os que mais sofrem com os altos valores cobrados por eletrônicos. Um iPhone 6s, por exemplo, custa US$ 97.813,82 no país. Porém, vale ressaltar que os preços exorbitantes na Venezuela são resultado da hiperinflação e de disparidades cambiais enfrentadas pela nação venezuelana. Já o STJ gasta R$ 339 mil para comprar iMacs para editar imagens.

Já os países mais baratos para se adquirir eletrônicos são os do Oriente Médio, sendo que Kuait, Árabia Saudita e Malásia aparecem nos três primeiros lugares do ranking, seguidos por Canadá, Emirados Árabes Unidos e Qatar. De acordo com a pesquisa, nestes países as taxas de valor agregado são menores que nos demais locais.

Abaixo veja a lista completa com os países mais caros e mais baratos para comprar eletrônicos. Vale lembrar que a pesquisa foi realizada com base nos valores de 14 produtos em 72 países.

Mais baratos

  • Kuait (1º lugar)
  • Arábia Saudita (2º lugar)
  • Malásia (3º lugar)
  • Canadá (4º lugar)
  • Emirados Árabes Unidos (5º lugar)
  • Qatar (6º lugar)
  • Japão (7º lugar)
  • Estados Unidos (8º lugar)
  • Austrália (9º lugar)
  • Polônia (10º lugar)

Mais caros 

Veja também: