GoPro anuncia a demissão de 15% dos seus funcionários

Tony Bates, presidente da empresa, que já foi executivo da Microsoft e, em 2014, se juntou à GoPro, também deixará a companhia.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Na última quarta-feira (30), a fabricante da GoPro, a câmera de ação mais famosa do mundo, anunciou o corte de 15% da sua força de trabalho. A medida faz parte da reestruturação corporativa.

GoPro anuncia a demissão de 15% dos seus funcionáriosempresa também deixará o seu cargo." />
GoPro anuncia a demissão de 15% de seus funcionários. Apesar do aumento de vendas durante a BlackFriday, companhia passa por dificudades. CEO da empresa também deixará o seu cargo.

Leia também:

De acordo com a GoPro, a mudança irá incluir o fechamento da divisão de entretenimento, uma redução no espaço do escritório e ainda o fim de mais de 200 trabalhadores de tempo integral, bem como uma pausa nas contratações.

Tony Bates, presidente da empresa, que já foi executivo da Microsoft e, em 2014, se juntou à GoPro, também deixará a companhia. Com as medidas, a empresa deverá reduzir as despesas operacionais em cerca de US$ 650 milhões em 2017, o que deverá recuperar a lucratividade.

Vale mencionar que a situação da GoPro não está muito fácil. A empresa, no início de novembro, revelou resultados piores dos esperados, causando uma queda nas ações. O recall do seu drone recém-lançado também contribuiu para baixar o valor das ações.

A GoPro revelou ainda que as vendas das câmeras durante a Black Friday aumentaram 35% em comparação anual nos principais varejistas dos Estados Unidos. 

Mais sobre: gopro demissao empresa
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter