Galaxy Gear Fit 2 - Review

A smartband da Samsung pode ser sua aliada para monitoramento de atividades físicas? É o que veremos a seguir.

Por | @marciobohrer Tecnologia

“Adoro praticar exercícios e gostaria muito de poder ter um relatório diário de como me movimentei com as tarefas do dia a dia”. Se você tem este pensamento, chegou até aqui em busca de um companheiro ideal para estas horas, não é mesmo? O Oficina da Net recebeu um Gear Fit 2 para, em alguns dias, realizar testes e analisar a eficácia desta smartband capaz de registrar sua atividade física com monitor cardíaco e GPS integrado.

O Gear Fit 2 não é um Smartwatch. Ele até tem a possibilidade de ver mensagens e outras notificações em seu display de 1,5 polegadas, mas este não é o foco. Aliás, se você está em busca de um aparelho para ter como uma extensão da tela de seu smartphone, o Gear Fit 2 não é o aparelho mais recomendado. Veja o Review do ZenWatch 3.

Galaxy Gear Fit 2 - Review

Por fora - design e conforto

Obviamente que o Gear Fit 2 é o sucessor de sua primeira versão, o Gear Fit possui um display menor e mais sobressalente em relação à pulseira - que, inclusive, era mais rígida. A versão atual senta melhor no braço, sua pulseira é confortável e de encaixe rápido. Tive receio de que com o tempo, o anel que prende a pulseira ficasse frágil e se rompesse, mas nada disso ocorreu.

Galaxy Gear Fit 2 - Review

Galaxy Gear Fit 2 - Review

Apesar de curtir muito a pulseira de fácil engate, em MUITAS oportunidades, ela se soltou. Para a nossa sorte, com o anel em borracha, o Gear Fit 2 não cai do punho com facilidade. Aliás, a pulseira tem dois tamanhos, a pequena para punhos de 125 a 170 mm e a grande de 155 a 210 mm (o meu tem aproximadamente 202mm).

Galaxy Gear Fit 2 - Review

Este design compacto dá muito conforto ao Gear Fit 2. No braço, ele tem apenas 24,5 mm de largura, incluindo o display cuja largura é 20mm. A tela dele tem 1,5 polegadas, tecnologia Super AMOLED e resolução 432x216 pixels. Para impedir que você arrebente o display numa possível queda (quem pratica esportes está sempre sujeito), o Fit 2 possui proteção Gorilla Glass 3 e, acredite, ele ajuda muito na proteção.

Galaxy Gear Fit 2 - Review

Na parte traseira, que fica acomodado no punho, está o sensor de batimentos cardíacos e dois pequenos contatos em cobre, responsáveis por carregar a bateria do Gear Fit 2 quando magneticamente conectado à base de recarga.

Galaxy Gear Fit 2 - Review

Além do display Touch Screen, o Gear Fit 2 possui dois botões físicos posicionados na lateral direita do produto. O menor serve para acionar o display, acessar o menu de configurações e apps e se você o pressionar duas vezes rapidamente, ele abre o app para registrar uma atividade física. Já o botão maior, retorna para a opção anterior e também serve para pausar ou encerrar uma atividade.

Galaxy Gear Fit 2 - Review

Concluindo os detalhes físicos do Gear Fit 2, aprovado fica o design, pulseira e tamanho ideal para um Sports Band.

Por Dentro - Hardware e Apps

Equipado com sistema Tizen - próprio da Samsung - o Gear Fit 2 está mais amigável que a versão anterior. Se no Gear Fit você só pode fazer uso do gadget com um smartphone Samsung, na edição 2 qualquer Android com versão 4.4 ou acima tem compatibilidade. iOS e Windows Phone ainda permanecem de fora.

Apesar da boa novidade, você não verá nem poderá instalar aplicativos de monitoramento de atividade físicas em seu Gear Fit 2, pois, o aparelho funciona apenas interligado ao “S Health”, da Samsung. Todas as atividades que o Fit 2 pode desempenhar, estão diretamente ligados ao S Health, como controle de batimentos cardíacos, registro de atividades, controle do sono, atividades partilhadas, ingestão de água e café, cronômetro e temporizados.

Galaxy Gear Fit 2 - Review

A única participação externa fica por conta do player de música, que pertence ao Spotify. Com ele você pode ouvir músicas do smartphone e controlar volume e troca de faixas pelo Fit 2. Dá também para salvar algumas músicas no próprio Fit 2 para ouvir via fones Bluetooth. O Gear Fit 2 possui 0,5 GB de memória RAM e 4 GB de armazenamento interno. Você pode conectar o Gear Fit 2 de duas forças, via Wi-Fi (802.11b/g/n 2.4GHz) ou Bluetooth v4.2.

A Bateria de 200 mAh promete, segundo o site da Samsung, suportar de 3-4 dias sob uso constante. Nos testes, pedalando duas vezes durante dois dias, o Fit 2 suportou com folgas o tempo de exercício e controle do sono à noite.

Se você não pretende usar o smartphone como fonte de registro GPS de suas atividades, o Fit 2 o faz muito bem, porém o tempo de vida da bateria cai consideravelmente (em torno de 9 horas).

Galaxy Gear Fit 2 - Review

O Geaf Fit 2 também promete ser capaz de identificar e registrar atividades físicas automaticamente. O mais curioso quanto a isso foi quando estava viajando a 80Km/h e o Fit 2 acusou uma pedalada bem-sucedida.

No mais, como já conhecia o S Health de outros “carnavais”, gostei bastante de monitorar as atividades pelo Gear Fit 2. No entanto, senti falta de um relacionamento amigável com outros apps (Strava, Runtastic, Endomondo). Se tivesse esta possibilidade, seria perfeito.

Galaxy Gear Fit 2 - Review

Se por acaso você está bem no meio da corrida e o tempo fechou, não há com o que se preocupar, o Fit 2 possui resistência a água e poeira com certificação IP68. Isso significa que o produto pode molhar com tranquilidade a uma profundidade de até 1,5m por um prazo máximo de 30 minutos. Apesar disso, eu não arriscaria mais que uma umidade eventual ou o tempo de banho no chuveiro sem tirar o Fit 2.

Quando dormi o Fit 2 foi perfeito em detectar a hora de início e hora de fim do sono. Ele também te lembra quando ficou mais de 50 minutos inativo, alertando para que você ao menos saia da cadeira e vá buscar uma água, por exemplo.

Galaxy Gear Fit 2 - Review

Integração com o Smartphone

Como já falamos anteriormente, o Gear Fit 2 funciona com qualquer smartphone Android 4.4 ou superior. Para fazê-lo funcionar você terá de instalar pelo menos três aplicativos: Gear Fit2, Samsung Apps e o S Health.

Galaxy Gear Fit 2 - Review

O primeiro serve exclusivamente para parear o relógio com o smartphone, alterar configurações básicas pelo celular e também escolher ordem de apps no Fit 2 ou ainda trocar a watch face (o estilo da tela do relógio). O segundo oferece, além de umas centenas de aplicativos para usar em qualquer smartphone (Google Play já faz isso), ele também será o lugar onde você vai para encontrar novos estilos para seu Fit 2. Já o terceiro, óbvio, será seu parceiro para controlar as atividades físicas.

Vale a pena?

Esta é a pergunta que não quer calar, certo? Pois bem, partindo do princípio que o Gear Fit 2 é um GPS Sports Band, seu papel é muito bem cumprido durante as atividades, relatórios e registro com o GPS. Junto ao Smartphone a precisão dele fica ainda mais evidente, mas fica a liberdade para deixar seu celular em casa e evitar aquela preocupação com um bem tão valioso do nosso dia a dia.

Pena que o Fit 2 não tem suporte para apps de atividades físicas de terceiros. A bateria dura mais que a do smartphone, portanto, ótimo. O registro de batimentos cardíacos é bastante preciso e constante.

Creio que o grande empecilho fica por conta do preço. Inicialmente vendido por R$ 1.200,00, encontrei o Gear Fit 2 na loja da Samsung por R$ 899,00 - sem a certeza de que tratava-se de uma promoção. Apesar disso, o Garmin Vivosmart - empresa especializada em registro de atividades físicas - está custando em média R$ 799,00; outro concorrente próximo é o Microsoft Band 2 - que é vendida por 161 dólares nos EUA e em um cálculo simples, usando preço do Gear Fit 2 em dólares, estaria custando no Brasil em torno de R$ 1.089,00.

Para cumprir o que lhe é proposto, o Gear Fit 2 é praticamente perfeito. Gostei muito da autonomia da bateria e se você controlar ligando a economia de energia em momentos de menos uso, certamente ela será maior. E agora? Deixe o seu comentário.

Mais sobre: galaxy, marciobohrer, samsung
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.