Alteração no Windows deixa Chrome 17% mais rápido

O PGO é um recurso que avalia as funções mais usadas e prepara o Windows para poderem ser tratadas com maior prioridade.

Por Windows Pular para comentários
Alteração no Windows deixa Chrome 17% mais rápido

O Chrome, como bem sabemos, é o navegador mais popular do mundo. No entanto, mesmo com essa fama ele possui um lado negativo. O navegador, cada vez mais consome recursos e apresenta problemas de desempenho que o transformaram em um consumidor de memória RAM. Felizmente, tais problemas podem ser coisa do passado.

Chrome, do Google, após alteração do Windows fica mais rápido. Anúncio foi feito pelos próprios desenvolvedores.
Chrome, do Google, após alteração do Windows fica mais rápido. Anúncio foi feito pelos próprios desenvolvedores.

Na segunda-feira (31), através de uma publicação, a equipe de desenvolvimento do Chrome comentou sobre um ajuste que a Microsoft fez no Profile-guided optimization (PGO) do Windows e o quanto a novidade teve impacto positivo no desempenho do navegador. De acordo com os próprios desenvolvedores, os ganhos de desempenho podem atingir 17% na inicialização do Chrome, 6% no carregamento de páginas e ainda 15% na abertura de novas abas.

Conforme mencionado acima, o PGO é um recurso que avalia as funções mais usadas e prepara o Windows para poderem ser tratadas com maior prioridade, destacando os recursos e removendo os elementos desnecessários visando maior fluidez e agilidade.

O PGO já é aproveitado pelo Chrome desde a versão 53, porém, as mudanças mais recentes no recurso contribuíram para que o navegador consuma menos recursos e consiga rodar e modo mais eficiente.

Compartilhe com seus amigos:
Rafaela Pozzebom
Rafaela Pozzebom Graduada em Letras pela UFSM e especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas à educação
FACEBOOK //
Quer conversar com o(a) Rafaela, comente:
Carregar comentários
Últimas notícias