TIM quer levar 4G para 93% da população em 2018

A TIM aguarda que a Anatel comece a liberar o espectro de 700 MHz para catalisar a ampliação da cobertura.

Por | @oficinadanet Internet

A TIM, com o seu plano de melhoria de rede, tinha como meta no início do ano levar o serviço 4G disponível em 1 mil cidades brasileiras. A ideia agora é adicionar outras mil cidades no próximo ano e a previsão é que o tráfego 4G supere o 3G em 2018.

TIM quer levar 4G para 93% da população em 2018

Leia também:

O grande objetivo da operadora é cobrir 93% da população com LTE e LTE-Advanced em 2018. Conforme Leonardo Capdeville, diretor de Tecnologia da operadora, a meta foi ampliada, já que no início do ano a ideia era cobrir 89%.

Assim, a TIM aguarda que a Anatel comece a liberar o espectro de 700 MHz para catalisar a ampliação da cobertura. Além do 4G, tal espectro também deve favorecer o uso da internet das coisas o Brasil.

TIM quer levar 4G para 93% da população em 2018

 

“Ainda este ano a Anatel deve liberar 500 cidades para uso. Pode ser que em muitas cidades o 4G já chegue na nova frequência”.

"Nós ainda não conseguimos capturar todo esse potencial. Esse dado (54%) é um potencial do tráfego gerado pela TIM em dispositivos 4G, dos quais consigo capturar 35%. Se a rede 4G já estivesse usando a rede de 700 Mhz, já teríamos (capturado) esses 54%", disse ainda o executivo.

Apesar das expectativas de que o 700 MHz seja capaz de ampliar o alcance das conexões IoT em até nove vezes, o foco está mesmo sobre a LTE. Tudo isso porque há um modelo de rentabilização definido pela operadora para a Internet das Coisas.

"A ideia da TIM é avançar fortemente. Sempre que tiver frequência disponível e habilitada, que a gente consiga ocupar", ressaltou Capdeville.

Vale notar que durante os Jogos Olímpicos Rio 2016, a TIM registrou 70% do tráfego em LTE. Atualmente, 35% do tráfego é 4G.

Mais sobre: tim 4G internet
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter