Samsung recebe notificação por explosões em máquinas de lavar roupa

O aviso envolve máquinas produzidas entre março de 2011 e abril de 2016, sem um modelo especificado.

Por | @RafaelaPozzebon Tecnologia

Recentemente, a Samsung enfrentou problemas com o seu Galaxy Note 7 e parece que a companhia não está em uma boa maré. A empresa, mais uma vez, está na mira das agências de regulação dos Estados Unidos. Na quarta-feira (28) foi enviado pela Comissão de Segurança de Produtos de Consumo Americana um alerta de segurança para modelos de máquinas de lavar roupas da empresa.

Samsung recebe notificação por explosões em máquinas de lavar roupa

Leia também:

A razão para isso é que clientes relataram que algumas das máquinas explodiram, disse a CNN. O aviso envolve máquinas produzidas entre março de 2011 e abril de 2016, sem um modelo especificado.

A comissão sugeriu que as pessoas utilizem apenas o ciclo delicado para lavar roupas de cama, resistentes à água e ainda itens volumosos, já que a velocidade de centrifugação é inferior. A medida é válida já que a velocidade de centrifugação inferior "diminui o risco de lesões por impacto ou danos materiais devido à máquina de lavar ser forçada para fora de sua posição."

O alerta surgiu após clientes entrarem com uma ação federal contra a empresa alegando que suas máquinas explodiram enquanto estavam sendo usadas. Relatos de explosões vieram de diversas partes do país.

Uma mulher do Texas, chamada de McAllen, explodiu de forma tão violenta que um dos seus pedaços acabou parando no interior da parede de sua garagem.

A Samsung, por sua vez, preferiu não comentar o caso. Em seu site a empresa divulgou uma nota onde diz que está conversando com autoridades americanas para solucionar os problemas de segurança.

“Em casos raros, unidades afetadas podem experienciar vibrações anormais que apresentam risco de injúria pessoal ou dano a propriedade quando estão sendo lavadas roupas de cama, itens volumosos ou resistentes à água”, informa a nota. A empresa também afirmou que os seus consumidores “concluíram centenas de milhões de lavagens desde 2011 e nunca haviam relatado incidentes”.

Mais sobre: samsung, maquina, galaxy
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários