Adblock Plus começará a vender anúncios

O Adblock Plus arrecada verbas de empresas como Google, Amazon e Microsoft, que pagam para entrar na lista de anúncios permitidos do bloqueador.

Por | @oficinadanet Internet

Uma notícia soou um pouco estranha na mídia nesta terça-feira (13). O Adblock Plus irá começar a vender anúncios. Isso mesmo, a empresa que desenvolveu um bloqueador de anúncios, agora passará a comercializá-los também.

A empresa irá lançar um “programa de anúncios aceitáveis” para os sites que estejam interessados em mostrar propagandas aos usuários da extensão. A ideia é que a receita da publicidade seja dividida.

Adblock Plus começará a vender anúncios

Leia também:

O Adblock Plus arrecada verbas de empresas como Google, Amazon e Microsoft, que pagam para entrar na lista de anúncios permitidos do bloqueador. Em suma, as companhias colocam propagandas que não sejam intrusivas e dividem com a Eyeo a receita adicional que obtiveram com o desbloqueio. Assim, os anúncios passam a ser exibidos por padrão para os usuários da extensão.

No novo esquema, os sites que aderirem ao programa de anúncios aceitáveis poderão ficar com 80% da receita das propagandas exibidas pelo Adblock. Os outros 20%, segundo o The Verge, serão divididos entre as empresas responsáveis por processar e servir os anúncios, a Eyo, por fim, ficará com 6% da receita total.

"Ele permite que você trate os dois ecossistemas diferentes de forma completamente diferente e rentabilizar cada um", diz Ben Williams, diretor de operações e comunicações Adblock Plus. "ADS aceitável seria um pivô para o que nós pensamos que é melhor".

Adblock Plus espera que, através deste novo mercado, ocorrerá uma grande expansão no uso de anúncios aceitáveis. Tudo isso por que está pronto para ser lançado, sendo que os anúncios poderão ser exibidos através da lista de permissões. Nenhum dos anúncios conseguirá rastrear os visitantes de site para site, e todos eles serão limitados a dimensões e localizações de página certa, conforme estabelecido nas orientações Adblock Plus.

De acordo com Williams, os editores poderão ficar descontentes no início, porém, ele salienta que o programa de anúncios aceitáveis se destina a resolver um problema que já existia. "O bloqueio de anúncios já teria acontecido com ou sem nós", diz Williams. "O que nós fomos capazes de fazer é tentar reverter a propagação dos 100 por cento de preto-e-branco de bloqueio de anúncios, bloqueando tudo ... Os anúncios aceitáveis ​​eram um pivô para o que nós pensamos que o que fosse melhor."

O mercado publicitário irá lançar a ferramenta beta hoje, porém, até o final do ano ele estará disponível na íntegra.

Os usuários do Adblock Plus que quiserem continuar bloqueando todos os anúncios poderão desativar a exibição de “anúncios aceitáveis” nas configurações da extensão, assim, irá desaparecer com as propagandas do Google, Microsoft, Taboola e outras empresas que pagam à Eyeo. 

Mais sobre: adblock anuncios google
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter