Anonymous derruba site da Justiça do RJ após bloqueio do Whatsapp

De acordo com o grupo Anonymous, a página do TJ-RJ saiu do ar em razão de um ataque DDoS.

Por | @oficinadanet Internet Pular para comentários

Nesta terça-feira (19), a justiça determinou novamente o bloqueio do WhatsApp no Brasil. Para se manifestar sobre o assunto, o grupo hacker Anonymous derrubou o site do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, jurisdição de onde partiu a decisão de bloqueio do aplicativo de conversas.

Justiça do Rio de Janeiro determina o bloqueio do WhatsApp no Brasil.
                  De novo? Justiça do Rio de Janeiro determina o bloqueio do WhatsApp no Brasil. Tema, mais uma vez, revolta usuários do país.                

De acordo com o grupo, a página do TJ-RJ saiu do ar em razão de um ataque DDoS, o que gera muito tráfego no endereço, com isso ela acaba saindo ar. Isso funciona como se muitas pessoas estivessem acessar uma mesma página ao mesmo tempo, e por falta de suporte dos servidores, ela acaba fora do ar.

Site do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro acaba saindo do ar após anúncio do bloqueio do WhatsApp. A página já voltou a funcionar.
Site do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro acaba saindo do ar após anúncio do bloqueio do WhatsApp. A página já voltou a funcionar.

Em um anúncio sobre o ataque, o grupo disse: "A balança da justiça hoje equilibra-se com o crime de um lado e o dinheiro do outro. Eis que aqui repetimos o gesto de V, na destruição de um símbolo que há tempos desvirtuou-se. Quem sabe, um dia, a justiça e a liberdade, irmãs siamesas, condenadas a viver separadas, voltarão a juntar-se bem de perto, costas com costas. No lugar de pólvora, bits".

Mais sobre: whatsapp, anonymous, aplicativo