Oficina da Net Logo

Vários usuários da Acer tiveram seus dados de cartão de crédito vazados

A companhia taiwanesa informou também que já tomou algumas providências para amenizar o prejuízo cometido pelo ataque.

Por | @oficinadanet Tecnologia Pular para comentários

Dados de cartões de crédito de 34.500 clientes da Acer nos Estados Unidos, Canadá e Porto Rico foram vazados na web. Os cibercriminosos conseguiram as informações através das compras realizadas pelos usuários no site oficial da empresa entre os dias 12 de maio de 2015 e 28 de abril de 2016.

Dados de cartões de crédito de 34.500 de clientes da Acer foram vazados.
Dados de cartões de crédito de 34.500 de clientes da Acer foram vazados.

Leia também:

Leia em destaque: As tecnologias que morreram em 2018.

A Acer não divulgou detalhes sobre a falha de segurança que ocasionou o vazamento de dados dos seus clientes. Porém, a empresa enviou um comunicado à justiça norte-americana dizendo que as informações vazadas podem conter “nome, endereço, número de cartão, data de validade e códigos de segurança de três dígitos”. A companhia disse ainda que não recolhe “números de seguro social” e não tem “conhecimento de evidências indicando que a senha ou as credenciais de login foram afetadas”.

Acer afirma que está tomando providências paraa evitar futuros ataques.
Acer afirma que está tomando providências paraa evitar futuros ataques.

A companhia taiwanesa informou também que já tomou algumas providências para amenizar o prejuízo cometido pelo ataque e que está tomando medidas para evitar que outros ataques possam ocorrer.

"Tomamos medidas imediatas para remediar essa questão de segurança após identificá-la e estamos sendo acompanhados por especialistas em segurança cibernética. Nós relatamos este problema ao nosso processador de pagamentos de cartão de crédito. Também contatamos e oferecemos nossa plena cooperação à lei federal", disse a empresa.

 

Você tem Telegram? Então inscreva-se grátis aqui no canal do Oficina da Net e recebe todas as notícias pelo mensageiro.

MAIS SOBRE: #acer  #cibercriminosos  #ataque  #rafaelapozzebon
Comentários
Carregar comentários