Sony vendeu mais de 40 milhões do seu PS4

O número representa um aumento do número de aparelhos comercializados entre março de 2013 e março de 2014, quando a companhia vendeu 14,8 milhões de unidades.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Nesta quinta-feira (28), a Sony divulgou os seus resultados financeiros para 2015 e, como já era de se esperar, a divisão do PlayStation foi a responsável por grande parte dos lucros. A companhia, inclusive, registrou um novo recorde de vendas do PS4, que totalizou 17,7 milhões de unidades vendidas entre março do ano passado e 31 de março de 2016, com o fim do ano fiscal.

O número representa um aumento do número de aparelhos comercializados entre março de 2013 e março de 2014, quando a companhia vendeu 14,8 milhões de unidades. Até então, o console já foi adquirido por 40 milhões de pessoas no mundo.

Sony vendeu mais de 40 milhões do seu PS4
            Vendas do PlayStation 4 superam as expectativas e é a grande responsável pelos lucros da empresa.                        

Leia também:

A divisão de games lucrou, ao todo, US$ 785 milhões em 2015. Conforme a Sony, o crescimento aconteceu devido a alguns fatores. Entre eles está a redução nos custos das pelas utilizadas na fabricação do PS4 e também pelas vendas da divisão de jogos da Sony e seus serviços online na PlayStation Network.

A Sony revelou ainda que acredita que os números podem ainda aumentar a partir de outubro deste ano com a chegada do dispositivo de realidade virtual PlayStation VR. A Sony aposta ainda em seus títulos exclusivos, como o Ratchet & Clank, e Uncharted 4: A Thief's End, que chega às lojas em maio.  Até a Sony mostrou-se surpresa com o bom desempenho nas vendas do seu PS4 no mundo todo.

Outros setores, no entanto, não tiveram o mesmo desempenho. A divisão Xperia, por exemplo, teve perda de US$ 544 milhões, 54,7% maior do que o previsto pela empresa. Nos setores domésticos, de som e de câmeras, o resultado geral teve quedas de 6,4% e 1,7%, respectivamente. 

Mais sobre: sony playstation4 jogos
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter