O QUE HÁ DE NOVO

Em postagem no Facebook, Vivo defende limite e revela que também terá franquias ilimitadas

Debora Pricila Silveira por Debora Pricila Silveira Internet

Após receber uma enxurrada de comentários contrários as franquias limitadas na internet banda larga fixa, a Vivo utilizou sua página na rede social Facebook para esclarecer alguns pontos e tentar acalmar os consumidores, o que parece não ter surtido muito efeito, levando-se em consideração os mais de 25 mil comentários na própria postagem, pedindo pelo fim do consumo limitado.


Além de afirmar que clientes Vivo Fibra ou GVT contratados até o dia 1º de abril de 2016 terão o uso ilimitado da internet garantido (algo que já havíamos noticiado aqui no Oficina da Net), a operadora destacou que os planos contratos após esta data preveem franquia de internet e têm em caráter promocional, uso ilimitado. “Não há previsão de alterações, mas asseguramos que quando e, se ocorrerem, serão avisadas antecipadamente, precedidas de ampla comunicação e de ferramentas para que você compreenda e acompanhe o seu consumo de internet”, dizia um trecho da postagem.

A Vivo ainda afirmou que os clientes terão sempre à disposição opções adequadas ao seu perfil de uso, baseadas em estudos de comportamento de consumo e suas expectativas. Foi neste momento que a operadora revelou algo que até então não havia sido confirmado pela companhia: a existência de planos ilimitados.

Leia também: Por determinação da Anatel, franquias limitadas na internet banda larga fixa estão suspensas por 90 dias

Não há detalhes sobre os preços que o ou os planos ilimitados poderão ter, contudo os preços deverão ser salgados, já que os planos acima de 10Mbps, que possuem a franquia de 100 GB, já figuram na faixa acima dos R$ 100 mensais.

A prestadora aproveitou a publicação para divulgar a página criada em seu site, voltada a esclarecer dúvidas referentes as franquias. No espaço há respostas para os principais questionamentos levantados pelos consumidores, entre eles à pergunta: A Vivo que limitar o acesso a Netflix e ao Youtube? Como resposta a empresa diz que não e que não faz nenhum tipo de restrição ao acesso a estes ou quaisquer outros conteúdos. 

Porém, nos comentários os clientes não se mostraram satisfeitos com as respostas da operadora e seguem pedindo pelo fim do consumo de internet limitado.

Assuntos Internet, BandaLargaBrasil, franquias, Vivo e deborapricilasilveira
Siga nas redes
Encontrou algum erro no texto?

Entre em contato com o autor e nos ajude a melhorar a qualidade dos posts cada vez mais!

AVISAR
O QUE LER EM SEGUIDA
Comentários
Últimas publicaçõesver tudo
ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.