Novo Plugin do Facebook transforma post WordPress em Instant Articles

Através dos Instant Articles o Facebook possibilita aos seus usuários uma leitura de notícias com maior velocidade.

Por Redes sociais Pular para comentários
Novo Plugin do Facebook transforma post WordPress em Instant Articles

Uma novidade para os usuários do WordPress. Em breve, eles poderão transformar os seus posts em Instant Articles. O Facebook revelou que desenvolveu em conjunto com o serviço para poder disponibilizar um plugin que seja capaz de realizar o feito.

A novidade deverá ser liberada em abril, quando o recurso dos artigos instantâneo for disponibilizado para todos, na conferência da rede social, a F8.

Novo Plugin do Facebook transforma post WordPress em Instant Articles

Usuários poderão fazer a leitura de um arquivo sem a necessidade de ter qure abrir uma nova guia no Facebook, o que facilita muito em momentos de internet mais lenta.

Através dos Instant Articles o Facebook possibilita aos seus usuários uma leitura de notícias com maior velocidade, em especial, no celular, onde o carregamento de links de leitura no navegador costuma ser mais lento.

"Quando o Instant Articles for aberto em abril, editores com templates do WordPress já poderão usar o plugin e criar Instant Articles. Quem quiser algo mais elaborado poderá adicionar elementos extras. O plugin é open source, e nós encorajamos a comunidade a auxiliar no desenvolvimento", diz o post do Facebook.

Através do Instant Articles, alguns arquivos podem ser marcados. Com isso, eles poderão ser lidos na plataforma do Facebook, sem a necessidade de abrir uma página no navegador. O recurso, desde 2015, está limitado apenas para algumas empresas.

Nomeado de Automattic, o plugin irá permitir que os usuários possam publicar diretamente seus conteúdos no formato do Instant Articles. "O plugin é open source, e nós encorajamos a comunidade a participar neste desenvolvimento para ajudar os veículos de todos os tipos a aproveitarem a experiência rápida e nativa do Instant Articles", declarou um porta-voz do Facebook.

Recomendação do editor:

Comentários:
Carregar comentários