Oficina da Net Logo

Google faz doação de US$ 1 milhão para ajudar na luta contra o Zika vírus

A campanha está destinada para a América Latina e Caribe, e a intenção é atingir 200 milhões de pessoas.

Por | @oficinadanet Tecnologia Pular para comentários

Nesta quinta-feira (03), o Google revelou que contribuiu com a Unicef com um valor de US$ 1 milhão e ainda dará ajuda tecnológica para tentar conscientizar a população sobre o temido vírus do Zika.

"A doação está destinada à prevenção de novas infecções", disse Florença Bianco, gerente de Comunicações Corporativas para a América Latina do Google, à Agência Efe.

Bianco disse ainda que "o Unicef está trabalhando nesse sentido através de campanhas educativas, mobilização de agentes comunitários nas zonas de maior risco e ações para diminuir a presença do mosquito".

Google faz doação de US$ 1 milhão para ajudar na luta contra o Zika vírus Leia em destaque: As tecnologias que morreram em 2018.

Leia também:

Conforme Donatella Massai, coordenadora da célula do Unicef de resposta à ameaça do Zika, a ajuda chega em boa hora, já que é necessário começar imediatamente as campanhas educativas para que a população possa se prevenir do vírus, em especial as mulheres em idade reprodutiva.

A campanha está destinada para a América Latina e Caribe, e de acordo com Massai, a ideia é atingir 200 milhões de pessoas.

Somente no continente americano há mais de 134 mil casos suspeitos de Zika, sendo 2.765 confirmados, disse a Organização Pan-Americana de Saúde (OPS). Até então, a presença do vírus já foi confirmada em 31 países e territórios do continente.

Além da doação em dinheiro, o Google também irá publicar em suas plataformas conteúdos sobre prevenção e contágio do Zika. Além disso, a ideia também se estende ao YouTube, com alianças com os criadores de conteúdo para reforcem os cuidados com o Zika através de seus vídeos.

"Muitos criadores do YouTube têm uma voz importante e influente na plataforma. Estamos convidando vários deles no Brasil e na América Latina a criarem conteúdo sobre o zika e as medidas preventivas em seus canais no YouTube, para apoiar a conscientização", disse Bianco.

"Acreditamos que a tecnologia pode ter um papel importante na solução de problemas. Por este motivo, quando interviemos em casos como este, ou como com o ebola ou na crise de refugiados na Europa, tentamos identificar o que o Google pode oferecer como empresa tecnológica além da contribuição econômica", ressaltou Bianco. 

Você tem Telegram? Então inscreva-se grátis aqui no canal do Oficina da Net e recebe todas as notícias pelo mensageiro.

MAIS SOBRE: #google  #internet  #doacao  #rafaelapozzebon
Comentários
Carregar comentários