Mark Zuckerberg pretende criar seu próprio Jarvis

Através de uma publicação na sua conta na rede social, Mark Zuckerberg escreveu o que é um dos grandes desafios pessoais para 2016, ou seja, inventar.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Mark Zuckerberg, criador do Facebook, pretende desenvolver sua própria Inteligência Artificial. O objetivo é inserir tanto na sua casa, como também no trabalho.

Através de uma publicação na sua conta na rede social ele escreveu o que é um dos grandes desafios pessoais para 2016, ou seja, inventar.

Mark Zuckerberg pretende criar seu próprio Jarvis
Inteligência Artificial será o grande desafio de Mark Zuckerberg para 2016.

Leia também:

Zuckerberg pretende desenvolver um assistente de inteligência artificial para a sua casa. Conforme o post, a ideia é poder executar, somente com comandos de voz  tarefas rotineiras, como controlar a música, iluminação, temperatura e ainda outros itens da casa.

“Vou começar por explorar o que a tecnologia já está lá fora. Então eu vou começar a ensiná-lo a entender a minha voz para controlar tudo em nossa casa - música, luzes, temperatura e assim por diante. Vou ensiná-lo a deixar amigos entrar em casa ao reconhecer seus rostos quando eles tocarem a campainha. Vou ensiná-lo a me avisar se alguma coisa está acontecendo no quarto de Max que eu precise verificar em quando eu não estiver com ela. No trabalho, ele vai me ajudar a visualizar dados em realidade virtual para me ajudar a construir serviços melhores e liderar minhas organizações de forma mais eficaz".

O dono do Facebook revelou que o código do assistente deve ser desenvolvido por ele. "Alguns dos trabalhos mais gratificantes envolvem entrar em contato com os detalhes técnicos dos projetos [...] É gratificante construir as coisas sozinho, por isso este ano o meu desafio pessoal é o de fazer isso", declara.

Confira o texto na íntegra:

“Every year, I take on a personal challenge to learn new things and grow outside my work at Facebook. My challenges in recent years have been to read two books every month, learn Mandarin and meet a new person every day.

My personal challenge for 2016 is to build a simple AI to run my home and help me with my work. You can think of it kind of like Jarvis in Iron Man.

I'm going to start by exploring what technology is already out there. Then I'll start teaching it to understand my voice to control everything in our home -- music, lights, temperature and so on. I'll teach it to let friends in by looking at their faces when they ring the doorbell. I'll teach it to let me know if anything is going on in Max's room that I need to check on when I'm not with her. On the work side, it'll help me visualize data in VR to help me build better services and lead my organizations more effectively.

Every challenge has a theme, and this year's theme is invention.

At Facebook I spend a lot of time working with engineers to build new things. Some of the most rewarding work involves getting deep into the details of technical projects. I do this with Internet.org when we discuss the physics of building solar-powered planes and satellites to beam down internet access. I do this with Oculus when we get into the details of the controllers or the software we're designing. I do this with Messenger when we discuss our AI to answer any question you have. But it's a different kind of rewarding to build things yourself, so this year my personal challenge is to do that.

This should be a fun intellectual challenge to code this for myself. I'm looking forward to sharing what I learn over the course of the year.”

Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo