Casa de possível criador do Bitcoin é invadida pela polícia

Satoshi Nakamoto é o nome fictício usado pelo criador da moeda virtual. Até então, ninguém conhece sua verdadeira identidade.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Nesta quarta-feira (9), a polícia australiana invadiu uma residência em Sidney, na Austrália, de um professor universitário que é apontado por duas publicações especializadas em tecnologia de ser o possível programador responsável pela criação da moeda virtual Bitcoin.

Satoshi Nakamoto é o nome fictício usado pelo criador da moeda virtual. A casa invadida pertence a Craig Steven Wright, que foi nomeado em reportagens da Wired e Gizmodo como o grande responsável pela moeda.

Casa de possível criador do Bitcoin é invadida pela polícia

Leia também:

A varredura na casa foi realizada em nome da Repartição de Finanças da Austrália (Australian Tax Office). De acordo com a polícia, nenhuma prisão foi feita e que a busca não estava relacionada com as reportagens sobre o Bitcoin.

O Bitcoin foi lançado em 2009, e desde então, nada se sabe sobre o seu criador. Ao longo dos anos, inclusive, a moeda sofreu oscilações drásticas.

Nakamoto foi contribuidor em um fórum dedicado a moeda virtual, porém, em 2010, retirou-se, alegando que estava envolvido em outros projetos.

Forbes, New Yorker e Newsweek e ainda outras publicações investigaram vários especialistas em computação e criptógrafos que poderiam ter a habilidade técnica para desenvolver a moeda, porém, dado foi dado como conclusivo.

O criador do Bitcoin deve ter em conta cerca de 1 milhão de Bitcoins que foram criados desde o início. Atualmente, tal valor valeria US$ 415 milhões.

As reportagens veiculadas pela Wired e também Gizmodo estão baseadas em um lote de documentos dados as duas publicações, que incluem e-mails de Wright para um parceiro de negócios na Flórida e ainda documentos sobre consultas da moeda.

Recentemente, Nakamoto foi indicado para o prêmio Nobel de Economia, porém, foi considerado inelegível em razão do mistério sobre a sua identidade. 

Mais sobre: bitcoin moeda internet
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar