Google inicia os testes de respostas automáticas no seu serviço de e-mail

Novo recurso do Google fará com que usuários tenham a disposição respostas rápidas para os e-mails recebidos de acordo com o assunto abordado.

Por | @oficinadanet Tecnologia

O Google iniciou os testes para os seu aplicativo de e-mail, o Inbox by Gmail, receber um recurso que permite aos usuários responderem os seus e-mails com mensagens automáticas e inteligentes. As respostas, que são geradas a partir de redes neurais, são apresentadas conforme o conteúdo de uma mensagem recebida e assim exibidas na tela para que seja possível mandar uma resposta com apenas um toque.

A nova funcionalidade está disponível apenas em inglês, para dispositivos Android e iOS. O recurso é resultado de uma grande pesquisa com redes neurais, que capacitam máquinas para aprender a ler e ainda interpretar os textos de mensagens, e com isso, gerar respostas cabíveis ao assunto. A tecnologia empregada é a mesma utilizada pelo Gmail para identificar spam.

Google inicia os testes de respostas automáticas no seu serviço de e-mail

Leia também:

O funcionamento do recurso ocorre através de um par de redes neurais, sendo que uma fica responsável por codificar uma mensagem recebida em números, para que a máquina possa compreender (vetores), e a outra que seleciona o conjunto de palavras para serem oferecidas como resposta.

"Para esses e-mails que só precisam de uma resposta rápida, ele pode cuidar do pensamento e economizar um tempo precioso que seria gasto escrevendo. E para os e-mails que requerem um pouco mais de atenção, ele lhe dará um empurrão para que você possa responder imediatamente", disse o engenheiro de software Bálint Miklós.

De acordo com Greg Corrado, pesquisador sênior da companhia, a metodologia é diferente das sugestões que ocorrem através a partir d códigos que buscam prever possíveis respostas.

Tudo isso ocorre por descartar trechos da mensagem que não merecem tanta atenção, ou seja, que não influenciam no tipo de resposta que será oferecido. Existe sim, uma máquina que trabalha para compreender o contexto do melhor modo possível e a assim oferecer respostas mais coerentes.

O Google esclarece que o método não permite que outras pessoas tenham acesso ao conteúdo dos e-mails, já que tudo é realizado através de um sistema automatizado.

O recurso estará disponível a partir dos próximos dias para usuários do aplicativo Inbox, alternativa ao aplicativo do Gmail, através de dispositivos Android e também iOS.

Mais sobre: google email inbox
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar