Uber diz que pode gerar 30 mil empregos até 2016

Apesar de ter gerar muita polêmica, Uber deverá continuar prestando serviços no Brasil. A plataforma pretende, inclusive, contratar 30 mil profissionais até 2016.

Por | @oficinadanet Tecnologia

O Uber, aplicativo polêmico de caronas, disse que até 2016 pode gerar cerca de 30 mil novos empregos no Brasil. Conforme a companhia, a estimativa poderá ser alcançada até outubro do próximo ano. Com isso, deverá também haver ima regulamentação no país para o exercício legal do serviço.

A empresa disse que atualmente já há aproximadamente 5 mil motoristas atuando para a plataforma nas cidades em que a tecnologia já está presente. De acordo com o Uber, os seus trabalhadores têm total flexibilidade para poderem executar funções no dia-a-dia, sem a obrigatoriedade de compromissos com horário ou mesmo patrões.

Uber diz que pode gerar 30 mil empregos até 2016

"Esses são apenas alguns dos motivos pelos quais essas pessoas trabalham com satisfação, oferecendo um ótimo serviço para os usuários", argumenta a empresa. 

Assim, além de gerar empregos, o serviço irá oferecer aos usuários brasileiros carros  particulares, auxiliando, inclusive, na mobilidade urbana.

"Chegamos neste número projetando as taxas de crescimento da plataforma que observamos no Brasil até agora e balizando esta projeção com dados de mercados em que atuamos há mais tempo, com perfis similares ao das cidades brasileiras, como a Cidade do México, que recentemente criou uma regulação para este mercado", afirma o comunicado oficial da companhia.

Vale notar que o Uber está gerando muitos protestos por parte dos motoristas profissionais, que alegam que a plataforma não é regulamentada, bem como não possui exigências de serviço semelhantes ao dos taxistas. 

Mais sobre: uber aplicativo brasil
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo