Huawei anuncia o LiteOS, sistema operacional para a Internet das Coisas

Foi anunciado recentemente pela Huawei, o lançamento do LiteOS, o seu sistema operacional designado a Internet das Coisas ou objetos conectados; a mesma terá apenas 10KB.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Vale dizer que não é de hoje que a companhia chinesa está de olho neste segmento e pensando nisso, ela lançou nesta quarta-feira, 20 de Maio, o sistema “ideal” para auxiliar fabricantes de terceiros a entrar no espaço emergente da Internet das Coisas. Leia o review do Huawei Ascend P7.

Tanto a Huawei, como a indústria estão de olho neste segmento e nas oportunidades de poderem transformar objetos residenciais e equipamentos industriais em dispositivos conectados; entretanto, os custos de desenvolvimento destes mesmos continuam altos, como afirma a própria companhia. Leia também 10 previsões tecnologicas para 2015.

Huawei pensando nisso, desenvolveu um sistema que eles autodenominam de “Peso Leve”, o que irá ajudar e muito em todo esse processo. O LiteOS foi desenvolvido para rodar com o poder mínimo de processamento e energia, o que tornará o sistema ideal para diversos hardwares, entre eles microcontroladores e processadores ARM Cortex.

Huawei anuncia o LiteOS, sistema operacional para a Internet das Coisas

Com o uso deste novo sistema apresentado pela referida companhia, aparelhos poderão ser controlados remotamente ou até mesmo servir para coleta de dados, além disso, ele ainda pode ser instalado em dispositivos móveis equipados com o sistema operacional Android, ou conectá-los a outros aparelhos de terceiros.

Veja mais notícias sobre a Huawei.

O LiteOS traz junto consigo tecnologia APIs abertas e com isso, a empresa estuda a possibilidade de disponibilizar o código fonte por meio de licenças ISC, o que possibilitará a sua cópia, bem como a sua modificação e distribuição de maneira gratuita ou através de cobrança. Com essa meta, a Huawei espera atrair desenvolvedores para o desenvolvimento e criação de uma comunidade LiteOS, uma vez que já está fornecendo chipsets, módulos e placas hardware por meio  de sua comunidade.

A empresa chinesa ainda acredita que até 2025, o mundo tenha mais de 100 bilhões de aparelhos conectados.

Mais sobre: Huawei Tecnologia LiteOS
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo