Brasileiros estão baixando menos músicas piratas

Rádio ainda é o principal meio de escutar música entre os brasileiros.

Por | @RafaelaPozzebon Tecnologia

Usuários de serviços de streaming brasileiros baixam menos músicas piratas, diz o instituto de pesquisas online Opinion Box. Para realizar a pesquisa foram ouvidas 1.112 pessoas através da internet, sendo que destes, 28,2% dos entrevistados ouvem músicas através de plataformas como o Google Play, Deezer, Rdio e Spotify. Entre eles, o costume de fazer downloads ilegais é 31% menor que os demais.

Entre os entrevistados, 609 deles são homens e 503 mulheres de diferentes Estados do Brasil. Além disso, os entrevistados têm mais de 18 anos. A pesquisa foi encomendada pelo Comitê de Desenvolvimento da Música Digital, iniciativa brasileira que conta com representantes nacionais das plataformas citadas.

"O streaming é uma forma de tirar o ouvinte da prática do download ilegal e o inserir num sistema pago e legal de música", diz Leo Morel, pesquisador e professor da FGV-Rio, sobre a pesquisa.

A pesquisa revelou também que grande parte dos usuários (78,8%) prefere escutar música por streaming em suas casas, mesmo que existam opções pagas que possibilitam o acesso a musicas sem conexão à internet. Entre eles, 45,5% costumam escutar músicas durante as tarefas da casa.

Do total de entrevistados, 56,5% dizem conhecer algum serviço de streaming de música. Mesmo assim, o rádio ainda é o principal meio de escutar música no Brasil, com 76,4% da preferência. Em seguida aparecem as plataformas de  vídeo online (73,7%), como o YouTube, MP3 (72,8%) e CD (60,1%)

Mais sobre: brasil, streaming, musica
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários