Amazon começa a vender livros físicos no Brasil

Amazon conta com mais de 150 mil títulos de livros físicos à venda no Brasil.

Por | @oficinadanet Negócios

Nesta quinta-feira (21), a Amazon anunciou o início das vendas de livros físicos no Brasil. A novidade chegou após um ano e meio do anúncio da chegada da empresa ao Brasil, com a venda de livros digitais. Conforme a própria Amazon, os preços serão convidativos e a entrega é grátis para todo o país nas compras acima de R$ 69.

A Amazon, quando chegou ao país, em dezembro de 2012, era responsável pela venda de 13 mil livros digitais em português. Atualmente, já são 35 mil. Levando em consideração outros idiomas, chegam a mais de 2 milhões. Agora, a Amazon possui mais de 150 mil títulos físicos à venda.

"A gente já vendeu milhões de livros desde que começou nossa história aqui 20 meses atrás", disse Alexandre Szapiro, vice-presidente da Amazon no Brasil. "Há dois anos, o mercado de livros digitais representava menos de 1% do total. Hoje, o segmento de livros digitais, segundo o que as editoras acreditam, deve fechar o ano de 2014 entre 4% e 5%", diz o executivo.

Os clientes terão prazo de devolução de 30 dias, e assim receberão o dinheiro de volta, somente terão que pagar o frete. Porém, se a devolução acontecer em até sete dias, não é necessário pagar o frete.

Leia também:

A varejista, com as oportunidades, pretende abocanhar o mercado de livros no país. "Qualquer brasileiro alfabetizado que tenha conexão à internet é nosso cliente em potencial", diz Alex Szapiro, diretor geral da Amazon.com.br.

Para especialistas, a entrada da Amazon no setor de livros físicos ajuda a elevar o nível de gestão da venda online no Brasil. "Vejo isso com bons olhos porque, ao trabalhar com as melhores práticas e melhor gerenciamento, ela ergue o sarrafo da qualidade no mercado", diz Carlo Carrenho, consultor editorial e dono do site PublishNews, sobre o mercado editorial.

A Amazon também espera que com a venda de livros impressos no Brasil a saída de e-books aumente ainda mais.  Vale notar que, ao clicar em um título, no site da empresa, os dois formatos aparecem para o usuário.

No catálogo, que o executivo garante ser o maior do Brasil, estarão presentes títulos de 2,1 mil editoras, como Record e Companhia das Letras. O Brasil é o primeiro país na América Latina em que a Amazon inicia a vender livros. A companhia chegou apenas em agosto de 2013 ao México.

Mais sobre: amazon livros físicos Brasil
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo