Tatuagem transforma suor em energia

Adesivo temporário é capaz de captar energia através do suor.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Um biosensor em forma de tatuagem pode converter o suor em eletricidade e assim, carregar uma bateria de dispositivos móveis. A descoberta foi feita por pesquisadores da Universidade da Califórnia em San Diego. A tatuagem, que não é definitiva, conta com eletrodos entre dois e três milímetros de tamanho, que podem gerar 4 microwatts.

"Nosso aparelho é o primeiro a usar o suor. É um teste desse conceito", explica a cientista Wenzhao Jia, da Universidade da Califórnia, em San Diego, que publicou detalhes de sua técnica na revista científica Angewandte Chemie.

No momento, não conseguimos produzir tanta energia. Mas estamos trabalhando para melhorar a tecnologia com o fim de poder carregar aparelhos eletrônicos de pequeno porte."

A energia gerada pela tatuagem depende do suor do usuário, ou seja, cada usuário produzirá uma quantia de energia por cada centímetro quadrado de pele. A eletricidade é conduzida pelo ácido lático gerado em atividades físicas, que são liberadas juntamente na transpiração através poros.

"Mas nossos eletrodos têm só 2x3 milímetros de tamanho, e geram cerca de 4 microwatts - um pouco pequenos para gerar energia suficiente para carregar um relógio digital, por exemplo, que requer 10 microwatts", explica a pesquisadora.

Leia também:

Conforme a pesquisadora, as pessoas com menos preparo físico geraram mais energia, e os que se exercitavam mais de três vezes por semana geraram menos.

"Acreditamos que seja porque pessoas menos preparadas fisicamente se cansam mais rápido, gerando mais lactato. Uma pessoa melhor preparada terá que se exercitar bem mais para produzir energia para a bateria."

A tatuagem, inicialmente, foi desenvolvida para uso médico, ou seja, em pessoas com altos níveos de ácido lático e que precisam de tratamento. A pesquisa foi conduzida por Joseph Wang, doutor em Nanoengenharia da Universidade Norte-Americana.

A tatuagem é feita apenas de tinta, por isso, com o tempo acaba saindo. Os testes foram feitos em 15 voluntários e no futuro tal tecnologia poderá estimular as pessoas a se exercitarem para poderem carregar os seus celulares e também outros aparelhos.

"Elas podem ser recarregadas mais rapidamente e são mais seguras: não há risco de explosão ou vazamento de materiais tóxicos. E elas usam uma energia renovável: você", disse entusiasmada a pesquisadora.

Veja o vídeo sobre a tatuagem:

Mais sobre: tecnologia suor tatuagem
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo