Samsung cancela contratos temporariamente com sua fornecedora

Após denúncia de que uma de suas fornecedoras estava empregando mão de obra infantil, a Samsung realizou uma investigação mais aprofundada e constatou que as acusações eram verdadeiras, tomando assim medidas temporárias.

Por | @oficinadanet Internet

Na última semana a empresa Samsung se viu envolvida indiretamente em uma acusação de trabalho infantil, onde uma organização sem fins lucrativos da China acusou uma das fornecedoras da empresa sul-coreana de usar mão de obra infantil em sua linha de produção.

Na denúncia, a organização não lucrativa denominada China Labor Watch, acusou a Shinyang Electronics, empresa essa fornecedora de algumas peças de celulares para a Samsung e fixada na China, de ter empregado em sua linha de produção alguns menores.

Mediante tal acusação, a Samsung logo se manifestou dizendo que iria tomar medidas cabíveis, ao qual realizou uma investigação independente e encontrou evidências de contratações ilegais de menores por parte de sua fornecedora. Com as provas evidenciadas, a Samsung cortou relações temporárias com a Shinyang Eletronics.

De acordo com a Dow Jones Newswires, a Samsung relatou que, “as autoridades chinesas estão investigando o caso também e se as mesmas concluírem que a empresas em questão contratou crianças ilegalmente, nós iremos cortar relações com a mesma permanentemente”.

Assim sendo, teremos que esperar por novas notícias a respeito do caso.

Mais sobre: Samsung, trabalho infantil, fornecedora
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.