O que é um produto refurbished?

Ao comprar um determinado produto eletrônico, geralmente de valor abaixo do padrão, nos deparamos com o termo refurbished. Por desconfiar da denominação, muitas pessoas acabam não fechando o negócio. Pois bem, o que significa a palavra em questão?

Por Hardware Pular para comentários

Refurbished, em tradução livre, significa remanufaturado, termo que você já deve ter se deparado em alguma compra. Igualmente aos produtos brasileiros que recebem o selo remanufaturado, os produtos refurbished podem, muitas vezes, nem terem sido ligados, testados, enfim, tirados da caixa pelos compradores, mas sim, apenas devolvidos por algum motivo. Mesmo assim, eles não podem ser comercializados como produto novo.

No entanto, o exemplo acima é um caso mais raro, no geral, os produtos considerados refurbished surgem após algum defeito. Por exemplo, você adquire um computador e logo nas primeiras vezes de uso ele apresenta algum problema. Após entrar em contato com o fabricante ou a loja que vendeu o produto, o eletrônico é enviado para a fabricante analisar o problema.

Ao constatar o erro, se for de pequeno porte, ele irá para o conserto, ou mesmo uma troca de algum mecanismo. Após ele irá passar por vários testes novamente, geralmente os mesmo feitos quando foi confeccionado. O produto também poderá receber uma nova carcaça, como também novos acessórios.

Vale a pena ou não comprar um produto remanufaturado? Vale a pena ou não comprar um produto remanufaturado?

Porém, se após a averiguação do produto é constato que o defeito é muito grande, ele acaba sendo descartado por completo, no geral as empresas não costumam investir no reparo de produtos com vários problemas.

Após passar por testes e constatar que o produto em questão está livre de qualquer problema, a empresa o embala novamente para ser comercializado como refurbished, ou remanufaturado, no Brasil. 

O termo também é usado para produtos de mostruário que é retomado ao fabricante, ou mesmo é utilizado em um produto fora de linha que não é mais possível vende-lo pelo valor de linha. Os produtos que recebem esse selo podem ter apresentado defeitos antes mesmo de sair da fábrica, bem como não ter passado por todas as etapas da linha de montagem, nestes casos ele foi consertado, porém, não pode mais ser vendido como produto novo.

Também há a possiblidade do produto ter sido vendido a um cliente e este não gostou de alguma especificação e devolveu à loja. No geral, neste caso, a loja se encarrega de enviar o produto a fabricante, que fica responsável por limpar e reembalar o produto, que retorna para a loja para ser comercializado como refurbished.

Vale a pena comprar um produto refurbished?

O produto, que por algum motivo precisou voltar a fábrica, e recebeu a "etiqueta" refurbished, deveria ser comercializado mais barato, já que não é considerado um produto novo. Os produtos com esse termo, na grande maioria, não costumam ser encontrados no Brasil, mas sim em sites de comércio eletrônico de importados ou mesmo lojas especializadas em produtos de segunda mão. O importante é saber a origem do produto antes de efetuar a comprar e prestar atenção no valor cobrado, já que em alguns casos os vendedores só estão interessados no lucro e acabam cobrando o mesmo preço de um produto novo.

Porém, se o produto está realmente abaixo do preço padrão, pode ser sim um bom negócio de compra, levando em consideração que o vendedor também deve oferecer garantias. Por lei, qualquer produto adquirido em uma empresa regulamentada possui 90 dias de garantia, isso vale também para os produtos remanufaturados. 

Diferença entre produto remanufaturado e recondicionado

Na compra de um produto é importante observar se ele foi remanufaturado ou recondicionado.  Um produto remanufaturado foi aquele que passou pela própria fabricante e que tem os seus componentes problemáticos substituídos por novos ou recuperados dentro da qualidade exigida. De acordo com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), a peça remanufaturada só pode ser reindustrializada pelo fabricante ou por empresa autorizada. No processo de remanufatura são realizados vários testes, que garante o funcionamento do produto por completo.

Já, a peça que foi recondicionada ou recuperada não possui origem identificável. Algumas empresas oferecem garantias nos produtos recondicionados, mesmo assim a segurança não é a mesma.

Enfim, comprar ou não?

Comprar um produto refurbished é uma escolha bastante pessoal. O ideal é adquirir em sites ou lojas confiáveis, que ofereça todas as garantias necessárias e obrigatórias. Apesar de reaproveitado de alguma forma, os produtos que foram remanufaturados, contém peças novas e podem funcionar perfeitamente.

Também é bom prestar atenção no valor do produto, por ser refurbished não significa que o valor esteja bem abaixo do mercado. Então, caso encontrar o tão sonhado aparelho por um valor baixinho, preste atenção, ele pode conter outros problemas.

Compartilhe com seus amigos:
Rafaela Pozzebom
Rafaela Pozzebom Graduada em Letras pela UFSM e especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas à educação
FACEBOOK //
Quer conversar com o(a) Rafaela, comente:
Carregar comentários
Você conhece já o nosso especial com novidades da Netflix, certo? Iria gostar de ver um vídeo semanal em nosso canal trazendo novidades e dicas?
UAU, pq ainda não fizeram?(57,50%)
hmm, não sei(15,83%)
Não, gosto de ler esse(10,00%)
Não, deixe o canal só com tech(16,67%)