Sony anuncia fim de PCs e demissão de cinco mil funcionários

Computadores pessoais com o selo Vaio deixarão de ser fabricados.

Por | @oficinadanet Negócios

Nesta quinta-feira (6), a empresa japonesa Sony anunciou que irá finalizar a fabricação de computadores pessoais e ainda irá cortar cinco mil postos de trabalho. O plano faz parte da restruturação da companhia, ante a previsão de um péssimo resultado para o ano fiscal.

O ano fiscal termina no dia 31 de março e a companhia reduziu as previsões de seus resultados. A empresa nipônica ao invés de registrar lucro de 30 bilhões de ienes, projeta agora prejuízo de 110 bilhões de ienes (1,08 bilhão de dólares).

Sony anuncia fim de PCs e demissão de cinco mil funcionários

Leia também:

Entre o dia 1º de abril e 31 de dezembro, a companhia lucrou 11,17 bilhões de ienes, ou seja, 110 milhões de dólares.  As perspectivas negativistas da empresa estão atribuídas a uma queda geral nos negócios, como também às perdas no setor de jogos eletrônicos, que não haviam sido incluídas na previsão anterior.

A Sony, como parte da reestruturação, disse ainda que irá vender a atividade de fabricação de computadores pessoais (PCs), reunida sob o selo “Vaio”, ao fundo de investimentos Japan Industrial.

Mais sobre: sony vaio prejuizo
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo