Apple é multada em Taiwan por interferir no valor do iPhone

Apple terá que pagar multa de US$ 670 mil por interferir em preço do iPhone em Taiwan.

Por | @RafaelaPozzebon Negócios

A Apple recebeu multa de US$ 670 mil e ainda foi abrigada a parar de interferir na definição de preços de smartphones junto a operadoras e distribuidoras de Taiwan. A decisão saiu na quarta-feira (25) pela Comissão de Comércio do país, disse o The Wall Street Journal.

De acordo com a comissão, A Maçã violou o artigo 18 da lei que regula o comércio em Taiwan, por querer determinar o valor que deveria ser cobrado pelo iPhone nas três maiores operadoras do país. A Apple também determinou o valor do reajuste.

A comissão diz que a Apple não tem o direito de interferir no preço cobrado pelos aparelhos após vender o direito de distribuição. Com isso, as três operadoras podem distribuir ou revender os iPhones de modo independente após pagar pelos direitos.

"Pela troca de e-mails entre a Apple e as três operadoras nós descobrimos que as companhias submetiam seus preços à aprovação ou confirmação da Apple antes que os produtos chegassem ao mercado", diz a comissão, em comunicado.

De acordo com o The Wall Street jornal, a Apple pode recorrer da decisão, porém, caso perca, a multa pode ser aumentada em até 150%.

Mais sobre: apple, multa, taiwan
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.