O que é CyanogenMod?

Conheça mais sobre o CyanogenMod, um dos sistemas operacionais para aparelhos Android!

Por | @oficinadanet Softwares

Você já ouviu falar no CyanogenMod, a grande revelação em sistemas criados para aparelhos com Android? Vale a pena instalá-lo no seu aparelho? Vejamos algumas características e explicações que poderão fazer com que você entenda melhor este software e os seus benefícios.

O CyanogenMod é uma customROM, alternativa mais popular para Android. Foi criada por Steve Kondik, que foi contrato em agosto de 2011 pela Samsung Mobile como engenheiro de software, em virtude do sucesso de suas versões do Android.

Uma custom ROM, nada mais é que uma firmware, uma versão personalizada do Android, onde, em vez da original, é instalada outra no aparelho, disponibilizando ao usuário uma nova gama de tarefas, ferramentas e funcionalidades, além de mais segurança, segundo a marca. Estas versões são disponibilizadas pelo Google, através da Android Open Source Project (AOSP), onde estas podem ser instaladas em smartphones e tablets, substituindo o sistema operacional original fornecido pelo fabricante. Muitos destes são baseados nos sistemas originais, porém, há casos em que outras pessoas disponibilizam versões não autorizadas que, se instaladas no aparelho, podem danificá-lo e prejudicar seu funcionamento.

Dentre as custom ROMs baseadas no código oriundo do AOSP, o CyanogenMod tem um bom destaque. Após um longo amadurecimento, este passou a oferecer suporte a um número tão expressivo de smartphones que já podem ser considerados quase como “distribuições” do Android. E, devido a este amadurecimento e desenvolvimento destes projetos, que cada vez mais usuários estão dispostos a se arriscar em instalar ROMs alternativas.

O CyanogenMod traz aos seus usuários uma grande variedade de funções e tarefas que faltam no sistema original do Android sendo, por isso, o firmware  preferido por um grande número de pessoas. Além disso, a equipe CyanogenMod assegura que suas modificações melhoram o desempenho dos dispositivos. Há, no entanto, muitas dúvidas em relação a sua instalação ou não, tanto como seu real funcionamento e quais as tarefas que agregam.

Uma das grandes vantagens encontradas neste firmware esta no fato de que, em relação as oferecidas pelo fabricante, esta dispõe de versões mais atuais e consideravelmente mais ágeis do Android, ainda mais nas últimas atualizações lançadas pelo CyanogenMod. Considerado um sistema ‘limpo’, outra grande vantagem no seu uso consiste no fato de os responsáveis pelo seu desenvolvimento apenas aplicarem as adaptações necessárias, como os drivers do dispositivo, fazendo o sistema rodar adequadamente no aparelho. Alguns ajustes para melhorar o desempenho, frutos da experiência da comunidade, geralmente também são implementados.

Como instalar o CyanogenMod

Para instalarmos este software, como qualquer outro ROM, é necessário, primeiramente, que tenhamos acesso Root ao dispositivo, isto é, ter acesso total, podendo modificar os firmwares originais, flasheando o dispositivo (ou seja, substituindo a ROM).

Leia mais em: Root no Android vale a pena? 

 Portanto, para que proceda com a instalação da ROM, é necessário realizar os seguintes passos:

1. Faça Backup.
2. Faça o download do .zip da ROM e copie o arquivo, sem o descomprimir, para o cartão SD do dispositivo a flashear.
3. Reinciar em modo de recuperação.
4. Selecione wipe data reset.
5. Wipe cache partition.
6. Advanced wipe dalvik cache..
7. Voltar.
8. Selecione o .zip ROM no cartão SD e instale-o.
9. Reinicie o sistema.

O que é CyanogenMod?

Uma das versões mais recente da CyanogenMod, a 10.0, é baseada no Android 4.1, porém especula-se que este, logo após o seu lançamento, passou a apresentar uma certa instabilidade em seu funcionamento.

Confira no site da CyanogenMod a lista de dispositivos suportados oficialmente. 

CyanogenMod 10.1

Após problemas com a instabilidade apresentada pela anterior, foi lançado recentemente a mais nova versão do sistema, o CyanogenMod 10.1. A novidade é o fato de que, agora, o modelo do software está com o código estável, possibilitando a utilização do recurso em todos os aparelhos que rodam o sistema da Google. Os desenvolvedores, a partir de então, pretendem focar seus esforços a esta versão, acoplando à mesma mais funcionalidade, a fim de deixá-la mais completa.

O que é CyanogenMod?

Aparelhos habilitados

Os aparelhos oficialmente habilitados para esta nova versão, segundo o site da CyanogenMod, são os que se seguem na lista a baixo:

  • Samsung Captivate;
  • Sony Xperia Z;
  • Samsung Vibrant;
  • Motorola Razr;
  • Sony Xperia V;
  • Google Galaxy Nexus;
  • Google Nexus 4;
  • Asus Transformer Pad Infinity;
  • Motorola Droid Bionic;
  • LG Optimus LTE;
  • Google Nexus Q;
  • Motorola Droid Razr;
  • Samsung Galaxy S2;
  • Samsung Galaxy Note;
  • Sony Xperia Tablet Z;
  • LG Nitro HD;
  • LG Optimus 4X HD;
  • Samsung Galaxy Tab 2;
  • Amazon Kindle Fire;
  • Sony Xperia ZL;
  • Sony Xperia T;
  • Motorola Droid 4;
  • Samsung Galaxy S3;
  • LG Optimus G;
  • HTC One;
  • Samsung Galaxy S;
  • Google Nexus 7.

O sistema já está disponível entre os aplicativos do Google Play, no entanto a escolha da instalação ou não desta ROM no seu aparelho depende somente de você, usuário, levando em consideração fatores como: estabilidade de funcionamento, praticidade e originalidade. Porém, deve ser de seu conhecimento que efetuar a troca do sistema operacional do seu aparelho consiste num processo extremamente delicado, pois se pode perde, com ele, todos os dados, programas e, em muitos casos, ocorre o travamento permanente do celular. Portanto, antes de proceder com a instalação, você deve estar ciente de todas estas possibilidades.

Mais sobre: cyanogenmod mobile Room
Share Tweet
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo