Aprenda a melhorar o sinal do seu roteador Wi-Fi

Chega de sofrer com um Wi-Fi lento e sem sinal. Confira algumas dicas para melhorar o sinal wireless (Wi-Fi) do roteador de sua casa.

Por | @oficinadanet Hardware

Hoje em dia, uma boa parte da população já prefere o uso dos notebooks ao uso do computador de mesa (desktop). A preferência pelo notebook, se deve à sua praticidade e comodidade. Como a maioria das pessoas preferem o uso dos notebooks, fica difícil, então, encontrar uma casa que não possua acesso a alguma rede Wi-Fi, não é mesmo? Outro fator que ajuda a incrementar a sua casa com uma rede sem fio, são os smartphones e tablets.

Quem utiliza algum destes aparelhos, sabe que não da pra ficar usando as redes 3G o tempo todo, na primeira chance de trocar para uma rede Wi-Fi, é sempre uma boa idéia.

O problema é que algumas vezes estas conexões, sem fio, podem apresentar problemas por vários motivos. Seja por interferência de outros equipamentos, pelo sinal fraco, pelo mau posicionamento e até mesmo pela baixa qualidade do aparelho roteador.

Aprenda a melhorar o sinal do seu roteador Wi-Fi
Roteador D-Link

Como as redes sem fio trouxeram uma grande "agilidade" às nossas vidas, e que o sinal fraco é uma das principais reclamações dos usuários. Nós preparamos algumas dicas para melhorar o sinal do seu roteador. Veja:

Mantenha o seu equipamento atualizado

As tecnologias evoluem com uma grande velocidade, não tem como parar ou negar isso. Portanto é essencial sempre manter o seu roteador atualizado. Existem 5 tipos de protocolos “IEEE 802.11” para redes sem fio. São eles: A, B, G, N e AC. O padrão AC é o mais potente deles atualmente. Só para se ter uma pequena noção do que o padrão AC é capaz, enquanto os tipos A, B, G e N transferem informações em no máximo 600 Mbs, o padrão AC atinge a capacidade de transferencia de 1.3 Gbs. Ele é tem esta capacidade, pois opera em uma faixa de 5 Ghz, que é exclusiva.

Se for comprar um roteador, verifique se sua placa de rede tem compatibilidade com o padrão AC e procure comprar um roteador que também tenha suporte a este protocolo. São poucos roteadores atualmente que operam com este padrão.

Procure o melhor lugar para posicionar o roteador

Mesmo que o seu roteador não combine com a decoração da sua sala, não é recomendado que ele fique escondido atrás de algum móvel. É de uma grande importância que o roteador fique posicionado em local alto e completamente livre de obstáculos. Mas se pensar bem, o roteador é um transmissor de sinais, ele precisa de espaço onde não tenha objetos para atrapalhar a emissão deste sinais.

O ideal seria você deixar o equipamento, num local mais no centro de sua casa. Assim você garante a melhor cobertura de sinal dentro de sua casa, até mesmo em cantos mais distantes. Outra dica, é manter o aparelho em um lugar alto, como por exemplo, no alto de uma prateleira, ou até mesmo preso na parede.

Algo, muito errado, que as pessoas fazem ao perceber que o sinal está fraco é apontar a antena do roteador para o local onde elas estão. Isso é completamente errado, para garantir a qualidade do sinal a receber, é sempre bom deixar a antena do aparelho sempre apontadas para cima.

Leia também: Diferentes tipos de redes Wireless

Mantenha os roteadores longe de interferências

Um dos motivos pela constante queda na internet sem que esteja sem sinal, é a interferência de outros equipamento eletrônicos. Além de outros roteador próximos, existem outros equipamentos que também podem causar interferência em sua rede. Os principais equipamentos que causam interferência são os fornos microondas e os telefones sem fio.

Para evitar este problema, se você ainda for comprar um roteador, é bom que compre roteadores com frequências diferentes. Caso não seja possível, você pode simplesmente manter o seu roteador longe dos outros equipamentos que causam este grande incômodo, isto pode resolver grande parte dos seus problemas.

Troque sua senha e se livre dos ladrões de internet

Mesmo que você tenha uma senha configurada em seu roteador, e que você ache que ela é super difícil, pode ser que seu vizinho tenha conseguido descobrir ela e esteja roubando o seu sinal, tornando assim sua internet lenta. A melhor maneira de evitar que esse tipo de coisa aconteça é bom escolher um padrão de segurança mais avançado possível, como o WPA2.

A senha de acesso a sua rede, deve ser bem segura. Tente formar uma senha grande, misturar letras e números. Assim como todas as senhas, é recomendado que você as troque frequentemente. Outro método, é não deixar, por exemplo, “Wi-Fi Oficina da Net” como nome de seu sinal Wi-Fi, isso é para que não tentem adivinhar sua senha. Tome estas dicas somente como uma medida de segurança para evitar que outras pessoas roubem o sinal de sua internet.

Mas se você vir que estas medidas não estão evitando que “invandam” sua rede, é possível que você limite o número de conexões do seu roteador pelo endereço MAC da placa de rede. Funciona deste modo: o acesso ao equipamento fica completamente bloqueado para quem não tenha o código MAC liberado no roteador, no caso o endereço MAC do seu notebook, smartphone e tablet estarão cadastrados.

Use repetidores de sinal

Aprenda a melhorar o sinal do seu roteador Wi-Fi
Repetidor de Sinal

Os repetidores de sinal, são aparelhos autônomos que reenviam o sinal wireless do roteador principal. Os repetidores funcionam como se você tivesse vários roteadores, mas eles pegam o sinal do roteador principal e o repetem. Assim, você pode levar o sinal a “pontos-cegos” da sua casa ou levar o sinal para um lugar distante.


 Tem alguma outra dica? Deixe nos comentários!

Mais sobre: Internet wi-fi Wireless
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar