Facebook e Telefônica se unem para levar internet a regiões remotas da América Latina

Atualmente, países mais pobres do globo ainda não possuem uma conexão de internet adequada. Outros tantos locais, como os mais remotos, sequer contam com acesso. Por conta disso, grandes companhias estão unidas para mudar tal realidade.

Por | @oficinadanet Internet

Durante a MWC 2018, leia mais sobre o evento, a Telefônica anunciou na segunda-feira (26), que pretende levar conexão de internet para mais de 100 milhões de pessoas na América Latina. A ideia da empresa é justamente expandir a conectividade em locais de difícil acesso, com o meio rural sendo o principal alvo.

Atualmente, de acordo com dados disponibilizados pela companhia, cerca de 20% da população da América Latina ainda não possui acesso adequado à banda larga móvel. Deste modo, a empresa acredita que é necessário levar o acesso para todos locais.

“A Telefônica parte do princípio de que a digitalização é um fator importante do progresso social e econômico de um país, e que a banda larga móvel pode desempenhar um papel fundamental na redução da exclusão digital”.

Facebook e Telefônica se unem para levar internet a regiões remotas da América Latina.Facebook e Telefônica se unem para levar internet a regiões remotas da América Latina.

Leia também:

A companhia terá como parceira o Facebook no Telecom Infra Project (TIP) que já colaborou a conectar a zona rural e o subúrbio do Peru e Internet. Através da iniciativa as empresas levaram ferramentas usadas em zonas de alta densidade populacional para implantar internet em locais mais remotos.

Como resultado de tudo isso, um documento nomeado “New approach to rural connectivity: the case of Peru”. O documento mostra que o fornecimento de conectividade rural sustentável depende de políticas complementares e ainda destaca a atuação do governo peruano para que o tudo saísse de acordo com o esperado.

Através do sucesso conquistado no Peru, a Telefônica e o Facebook disseram que possuem o objetivo de expandir o programa para novos países da América do Sul. Os nomes dos contemplados, no entanto, não foram divulgados.

MAIS SOBRE Internet Brasil Facebook
SHARE
+ Notícias
Comentários
 
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar