Susto no ar: avião realiza pouso de emergência por nome ameaçador de rede Wi-Fi

No meio do voo os passageiros perceberam uma rede Wi-Fi chamada “bomb on board” (Bomba a bordo).

Por | @oficinadanet Internet

As companhias aéreas costumam ser extremamente cautelosas em relação a possíveis ataques terroristas, principalmente em voos internacionais. Mesmo assim, um passageiro com grande senso de humor (ou não!) criou um hotspot com nome um tanto quanto maldoso, o que fez com que um avião realizasse um pouso de emergência.

O voo da Turkish Airlines partia de Nairóbi, no Quênia, com destino a Istambul, na Turquia. No entanto, no meio do voo os passageiros perceberam uma rede Wi-Fi chamada “bomb on board” (Bomba a bordo) e acabaram alertando a equipe, o que fez com que o voo precisasse realizar um pouso de emergência no aeroporto de Cartum, no Sudão, conforme informa a agência Reuters.

Susto no ar: avião realiza pouso de emergência por nome ameaçador de rede Wi-Fi.Susto no ar: avião realiza pouso de emergência por nome ameaçador de rede Wi-Fi.

Leia também:

A equipe de segurança, após o pouso, fez as inspeções necessárias e confirmou que tudo não passava de um alarme falso. Não temos informações se o autor da piada foi identificado, mas a empresa informa que todos os 100 passageiros retomaram a viagem normalmente.

Levando em consideração a possibilidade da criação de hotspots a partir de celulares e notebook, a situação vista durante este voo não é única. No ano passado, por exemplo, em um voo da Qantas Airlines, de Melbourne para Perth, na Austrália, os passageiros encontraram uma rede Wi-Fi chamada “Mobile Detonation Device” (Dispositivo de detonação móvel).

No final ainda de 2016, uma pessoa nomeou o seu hotspost de “Galaxy note 7”, isso justamente na época dos temores de incêndios que poderiam ocorrer nos voos.

Mais sobre: internet voo wifi
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo