Oficina da Net Logo

Live no Instagram com arma termina em disparo fatal

De acordo com o relato da polícia, os jovens, ambos de 18 anos, eram melhores amigos, e houve um disparo acidental.

Por | @oficinadanet Instagram

Não é de hoje que algumas pessoas utilizam os recursos de transmissão ao vivo das redes sociais para se exibirem com armas e até mesmo para mostrarem um assassinato ou um suicídio.

Desta vez, através do Instagram, dois jovens, em Detroit, nos Estados Unidos, estavam realizando uma transmissão ao vivo exibindo dinheiro e também um fuzil.

De acordo com o relato da polícia, os jovens, ambos de 18 anos, eram melhores amigos, e houve um disparo acidental, que resultou em um acerto na cabeça de um deles por trás. O próprio atirador chamou a polícia para buscar ajuda. A polícia não divulgou o nome do rapaz.

A família da vítima também descarta que o crime tenha sido intencional. A mãe de Dylan Hemphill, o jovem que foi morto, disse que foi um episódio infeliz. Ela ainda acredita que a arma tenha caído no chão e causado o disparo.

Como a transmissão do fato foi ao vivo, será mais fácil para a polícia buscar informações sobre o ocorrido.

Vale mencionar que, atualmente, a polícia utiliza muito os aparelhos dos envolvidos em crimes na obtenção de indícios que possam colaborar para a investigação. Dessa vez, claro, não será diferente.

No que diz respeito ao uso de armas de fogo nos Estados Unidos, o tema vem sendo amplamente discutido nos últimos meses.

Disparo teria sido acidental.Disparo teria sido acidental.

Leia também:

O YouTube, em março desse ano, alterou as suas diretrizes e passou a proibir vídeos com armamento. Vale mencionar ainda que, na última terça-feira, uma atiradora invadiu a sede do YouTube deixando algumas pessoas feridas. A mulher, causadora do ataque, cometeu suicídio.

No ano passado, um episódio também despertou o interesse pelo fim da legalização do uso de armas nos Estados Unidos. Em um ataque, 59 pessoas foram mortas e mais de 500 ficaram feridas.

Mesmo assim, o atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, é contra o fim da liberação das armas.

“A segunda emenda nunca será revogada! Por mais que os Democratas queiram que isso aconteça, e apesar das palavras ontem do antigo ministro da Suprema Corte de Justiça, de jeito nenhum isso acontecerá. Precisamos de mais Republicanos em 2018 e garantir sempre o controle da Suprema Corte!”, disse o presidente através do seu perfil no Twitter.

MAIS SOBRE Instagram YouTube armas
SHARE
+ Notícias
Assine a nossa newsletter
Comentários