Fones de ouvido que todo audiófilo deve ouvir pelo menos 1 vez

Confira a lista de fones de ouvido que todo audiófilo deveria ouvir pelo menos 1 vez na vida. Veja os clássicos que nunca caíram de moda até hoje!

Imagem ilustrativa de headphones clássicos. Fonte: hgabi00 (Head-fi)
Imagem ilustrativa de headphones clássicos. Fonte: hgabi00 (Head-fi)

No intuito de recomendar bons headphones para aqueles que querem conhecer melhor este mundo, fiz uma lista com aqueles fones de ouvido que considero que todo audiófilo deve ouvir pelo menos 1 vez. É aquele tipo de equipamento de áudio que marca quem ouve, independente da época, pois nele há uma característica única (ou o conjunto delas) que encanta.

Lista de fones de todo audiófilo deve ouvir pelo menos 1 vez

AKG K1000

Este é um fone de ouvido que possui um design que foge ao comum. Aqui a fabricante austríaca buscou uma forma de trazer uma percepção próxima ao que se tem em caixas de som, mas com os benefícios de um headphone. O AKG K1000 é um fone que possui os seus drivers praticamente pendurados ao lado da cabeça, sem encostar, proporcionando assim uma forma de haver as reflexões em nossos ouvidos que naturalmente acontecem quando escutamos algo na rua ou em uma apresentação musical.

Headphone AKG K1000. Fonte: Vitor Valeri
Headphone AKG K1000. Fonte: Vitor Valeri

Este formato peculiar do K1000 proporciona um palco sonoro assustadoramente grande, maior do que o elogiado Sennheiser HD800. Entretanto, ele é um fone que precisa de uma grande potência para mostrar o seu potencial, fazendo com que seus usuários utilizem amplificadores de caixas de som para "empurrá-lo".

AKG K240 mk2 (versão austríaca)

Este é um fone de entrada da AKG que marcou o início no mundo audiófilo para muitas pessoas. Com seu design semi-aberto, o AKG K240 MK2 possui um som mais natural, embora necessite de uma boa amplificação para tocar bem.

Headphones AKG K240. Fonte: Aumkar Chandan (YouTube)
Headphones AKG K240. Fonte: Aumkar Chandan (YouTube)

Muitos dizem que o AKG K240 MK2 teve suas melhores versões na época em que ele era feito em sua terra natal, a Áustria. Infelizmente hoje em dia é raro achar este modelo em específico, pois já fazem uns bons anos que o K240 MKII parou de ser fabricado em terras austríacas.

AKG K701

Assim como o K1000, o AKG K701 é um fone da desenvolvedora austríaca de equipamentos de áudio que oferece uma experiência que pode vir a ser única. Com seu som amplo, boa separação de instrumentos, uma sonoridade que consegue lidar bem com muitos estilos e um conforto sem igual, este headphone pode conquistar e conquistou muitos fãs.

Headphone AKG K701. Fonte: reviewed
Headphone AKG K701. Fonte: reviewed

O K701 felizmente pode ser encontrado hoje semi-novo por preços extremamente convidativos se pesquisar bem. Há tambem versões próximas a ele como o AKG Q701 (edição especial em homenagem ao artista Quincy Jones), que possui até mais cores disponíveis ao invés de somente branca como a verde e a preta.

Audeze LCD-2

Mesmo sendo criticado por seu peso devido a tecnologia planar magnética, o Audeze LCD-2 mostra um som com uma identidade única da marca. Aqui temos um grande palco sonoro com graves bem impactantes e uma sonoridade doce, quente.

Headphone Audeze LCD-2. Fonte: Vitor Valeri
Headphone Audeze LCD-2. Fonte: Vitor Valeri

Sem dúvidas, o LCD-2 é um fone que pode e agrada a muitos que querem somente se divertir com a música. É possível encontrá-lo hoje por preços bem abaixo comparado com quando ele foi lançado, embora haja um forte concorrente que é mais barato, porém com um acabamento de menor qualidade, o Monolith M106.

Beyerdynamic T1

O grande ponto do Beyerdynamic T1 é a tecnologia de seu driver que é chamada Tesla. Ao que parece, a tecnologia Tesla desenvolvida pela alemã esta presente somente nos fones da fabricante e continua sendo aprimorada com o passar dos anos. O T1 se destaca pelo seu grande conforto, construção solida (há muitas partes feitas com ligas metálicas) e um som com boa separação de instrumentos, bom detalhamento nos agudos e excelente peso nos graves, embora os agudos sejam levemente recuados.

Headphone Beyerdynamic T1 3rd generation. Fonte: headphonezone
Headphone Beyerdynamic T1 3rd generation. Fonte: headphonezone

No início do mês passado foi a Beyerdynamic lançou a 3ª geração de seu fone de ouvido com tecnologia tesla com design aberto (T1) e a versão do mesmo fechada (T5). Ambos possuem pads de veludo e fazem um excelente contorno na cabeça proporcionando um encaixe e distribuição de peso excelente.

Grado SR80

Os fones da Grado são muito indicados para os amantes do rock devido a sua característica única de produzir um som cru, com muito vigor, vivacidade. O modelo com melhor custo-benefício da fabricante norte americana é o Grado SR80, que mesmo após mais de uma década de lançamento.

Fone de ouvido Grado SR80. Fonte: ourbigadventure
Fone de ouvido Grado SR80. Fonte: ourbigadventure

Embora sua sonoridade seja única, o SR80, assim como outros modelos da marca, até hoje é criticado pela simplicidade na construção. Aqui não há muito conforto e as peças utilizadas são bem rústicas, porém ainda assim há quem esteja disposto a sacrificar este aspecto em nome da experiência de som que os fones de ouvido Grado entregam.

Koss Porta Pro

O Koss Porta Pro é um fone de ouvido clássico. Utilizado até hoje por diversos músicos, este fone de ouvido da Koss possui um design simples, confortável e ao mesmo tempo resistente. Com um corpo compacto e design aberto, é um fone fácil de ser carregado e guardado, facilitando seu transporte por profissionais da música, embora ele infelizmente não seja eficiente em termos de isolamento do ruído externo durante os shows.

Fone de ouvido Koss Porta Pro. Fonte: Koss
Fone de ouvido Koss Porta Pro. Fonte: Koss

O Porta Pro conquistou a muitos devido ao seu preço ridiculamente barato (US$50) e boa qualidade de som oferecida em muitos cenários. Não é atoa que faz muitas décadas que o fone foi lançado e até hoje suas vendas são boas, havendo até lançamentos de edições especiais.

Sennheiser HD25

O Sennheiser HD25 é um fone de ouvido do tipo on-ear (ou supra-aural), ou seja, ele fica sobre a orelha. Este fone fabricado pela desenvolvedora alemã de equipamentos de áudio foi eleito por muitos um dos melhores custo-benefício por anos devido a sua portabilidade, grande nível de isolamento passivo do ruído externo e boa qualidade de som.

O HD25 é utilizado frequentemente por DJs devido a sua capacidade de girar as cups (conchas) para trás, seu isolamento acústico e resistência. Não importa se o fone de ouvido caia, seja pisado, desmontado, basta montá-lo novamente ou trocar uma única peça. Isto fez do HD25 na época e até hoje faz com que ele seja comprado por muitos, inclusive, foi lançado neste ano uma edição comemorativa para comemorar os 75 anos da Sennheiser.

dição especial comemorativa do Sennheiser HD25. Fonte: Enmore Audio
Edição especial comemorativa do Sennheiser HD25. Fonte: Enmore Audio

Sennheiser HD600

O Sennheiser HD600 simplesmente foi lançado há pouco mais de duas décadas atrás e até hoje se encontra em produção e tem boas vendas. Este sucesso não aconteceu ao acaso, este headphone de design aberto possui uma sonoridade muito natural, linear, tida por muitos como um dos melhores equilíbrios tonais (distribuição entre graves, médios e agudos) existentes.

Headphone Sennheiser HD600. Fonte: Vitor Valeri
Headphone Sennheiser HD600. Fonte: Vitor Valeri

Como se não bastasse, além de possuir uma sonoridade que impressiona a muitos até hoje, o Sennheiser HD600 tem um grande conforto, podendo ser utilizado por horas sem incomodo algum. O fato de o headphone possuir um design aberto, ter pads de veludo e ser leve, contribui muito para este aspecto.

Sennheiser HD800

Tido por muitos como um exemplo do que é o palco sonoro, o Sennheiser HD800 fez muito sucesso quando foi lançado e até hoje faz, mas não é somente por este aspecto citado. Este headphone foi capaz de superar tecnicamente muitos modelos com tecnologias de drivers diferentes, mesmo utilizando a tecnologia de driver dinâmico. Os engenheiros da Sennheiser foram capazes de moldar o fone de uma forma que fosse leve, confortável e com uma acústica interna incrível, que em conjunto com o driver desenvolvido pela fabricante, conseguiu entregar uma experiência única.

Headphone Sennheiser HD800. Fonte: Augusto Schweickardt
Headphone Sennheiser HD800. Fonte: Augusto Schweickardt

Em 2016, o Sennheiser HD800 ganhou uma versão revisada, o HD800S que corrigiu alguns pontos que os usuários se queixavam, embora seu som fosse extremamente detalhado, correto e com um bom palco. No HD800S houve um aprimoramento dos graves (ganhando um corpo melhor) e dos agudos (ficaram menos agressivos).

Stax SR-007

Apesar de existir modelos da Stax mais baratos que conseguem mostrar o que há de tão diferente nos fones com tecnologia de drivers eletrostáticos, o Stax SR-007 é um dos headphones eletrostáticos mais comentados da categoria. Devido a própria tecnologia do driver (entenda sobre seu funcionamento aqui), há pouca massa internamente, tornando-o um fone de ouvido extremamente leve que, somado a sua pad grossa de couro genuíno que possui uma espuma muito macia, entrega um conforto impressionante. Seu som não se parece com nenhum dos fones de ouvido citados aqui, ele é único, conseguindo entregar um detalhamento impressionante devido a alta capacidade de resposta de seu driver eletrostático, sendo capaz de fazer você sentir as cordas de um instrumento vibrarem de tal maneira que você sente quase que "fisicamente" o dedilhar no violão (uma pressão muito realista).

Headphone Stax SR-007. Fonte: elira (Head-fi)
Headphone Stax SR-007. Fonte: elira (Head-fi)

Embora seja um headphone muito interessante, o SR-007 possui uma particularidade para funcionar: é utilizado um energizer (um tipo de amplificador feito especificamente para fones de ouvido com drivers eletrostáticos). Este tipo de amplificador só pode ser utilizado com headphones que sejam eletrostáticos, ou seja, caso você tenha o SR-007 e um HD800, não seria possível utilizar o fone de ouvido da Sennheiser nele.

Está faltando algo? Recomende!

Caso sinta que algum fone de ouvido faltou nesta lista, não hesite em comentar abaixo. Obrigado pela participação desde já!

Esse artigo é feito em parceria com o Grupo Fones de Ouvido High-End:

Especial: Série de artigos sobre Fones de Ouvido

Confira a série especial de artigos, em parceria com a Fones High End (Facebook, Instagram, Twitter), onde é mostrada uma nova perspectiva descomplicando tudo sobre fones de ouvido!

Como funciona?

O Som

Tecnologias

Como escolher?

Dicas

Tutoriais

Artigos

Reviews

A História

Entrevistas

5 Fones Bluetooth, qual comprar?

Conteúdo relacionado

O básico sobre fones de ouvido - A base de tudo
Fones de Ouvido

O básico sobre fones de ouvido - A base de tudo

Esse é o primeiro artigo da série especial sobre fones de ouvido que vamos criar aqui no Oficina da Net em parceria com o grupo no Facebook, Fones High End. Confira.

Quais os tipos de tecnologias existentes em fones de ouvido - Básico sobre fones
Fones de Ouvido

Quais os tipos de tecnologias existentes em fones de ouvido - Básico sobre fones

Neste capítulo será explorado mais a fundo o assunto e falaremos sobre as diversas tecnologias embarcadas nos drivers dos fones. Existem basicamente quatro diferentes tecnologias de drivers que podem ser aplicadas de forma separada ou conjunta (nesse caso, o fone é chamado de híbrido).

Quais são os tipos de fones existentes - Básico sobre fones
Fones de Ouvido

Quais são os tipos de fones existentes - Básico sobre fones

As pessoas preferem determinado tipo de fone por diversos motivos, seja por conforto, por portabilidade, pelo tipo de atividade que será utilizado ou por simplesmente se sentir muito incomodado quando utiliza determinado tipo.