AMD tem 68% marketshare no Japão em PCs não montados

No Japão a AMD tem destruído sua competição dentro do espaço de peças off-shelf, com a série Ryzen 3000 destronando a Intel e segurando quase 70% de marketshare no segmento.

Por Hardware Pular para comentários
AMD tem 68% marketshare no Japão em PCs não montados

A AMD estava atrás da Intel em marketshare por vários anos, mas aparentemente, as coisas estão começando a mudar. No Japão, cerca de 68.6% das vendas de processadores não montados são modelos Ryzen da AMD, em especial da série 3000, que usa a nova arquitetura Zen2, lançada há pouco mais de 1 mês.

A pesquisa vem de vários sites de vendas online, como a Amazon Japão, Bic Camera e EDION. Segundo a BCN, que foi a instituição que fez todo o levantamento de dados, a empresa começou a ganhar mais espaço neste segmento do mercado Japonês em Setembro de 2018, com 20% de marketshare naquela época. 

AMD vs Intel

Houveram vários fatores ao final de 2018 que ajudaram a impulsionar a melhora de posicionamento no mercado, alguns destes fatores foram os grandes descontos oferecidos na arquitetura Zen+ (Ryzen 2000) e que eram um tanto quanto frequentos no final do ano, falta de estoque da Intel por longos períodos - que segundo a marca se dariam por número muito alto de vendas - e também por preço alto em alguns de seus produtos, em especial o i9 9900K que foi alvo de crítica de vários reviewers independentes.

Neste ano, a conversa já é bastante diferente, a Intel já repôs o seu estoque de processadores e não há mais falta, a AMD lançou a arquitetura Zen2 que fez um tremendo sucesso que se estendeu de processadores de entrada - Ryzen 5 3600 - até os High-End - Ryzen 9 3900x -.

Onde a Intel ainda reina suprema é em PCs OEM (já montados) e Notebooks, no segundo a AMD já está trabalhando para buscar a sua rival o mais rápido possível com o lançamento dos Ryzen Mobile 3***U, já no espaço OEM, não temos notícias.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Minha foto